Get Adobe Flash player

Renan Calheiros, que esteve na quinta-feira (26) com o ex-presidente Lula, quer uma compensação pela eventual perda da pasta do Turismo / Foto: Wilson Dias /Agência Brasil

Renan Calheiros, que esteve na quinta-feira (26) com o ex-presidente Lula, quer uma compensação pela eventual perda da pasta do Turismo. (Foto: Wilson Dias /Agência Brasil)

Enfrentando problemas com a articulação política no Congresso e em um dia marcado por notícias negativas na economia, a presidente Dilma Rousseff tentou sair da defensiva articulando a definição de três novos ministros.

Dilma pôs um petista para comandar a comunicação do governo, escolheu um nome para tentar se reconciliar com a ala do PMDB na Câmara, onde seu governo tem enfrentado derrotas, e nomeou um acadêmico para substituir na Educação um político que saiu após brigar no Congresso.

Pela manhã, depois do anúncio de que a economia ficou estagnada no ano passado e agora caminha para a recessão, Dilma divulgou o nome do petista Edinho Silva, que foi seu tesoureiro de campanha, para comandar a Secom (Secretaria de Comunicação Social) da Presidência.

No início da noite, oficializou a escolha do professor da USP Renato Janine Ribeiro para substituir Cid Gomes, que deixou o governo depois de um embate com a base aliada do governo em sessão tumultuada no Congresso.

Fez ainda um gesto na direção da bancada do PMDB na Câmara, comandada pelo deputado Eduardo Cunha (RJ), e convidou oficialmente o ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) para o Ministério do Turismo.

A nota confirmando a indicação do peemedebista estava praticamente pronta, mas a divulgação foi suspensa à noite porque faltava um sinal verde vindo do PMDB de que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) não vai se opor à escolha, já que Eduardo Alves irá ocupar o lugar de Vinicius Lages, afilhado político de Renan.

Edinho substitui o jornalista Thomas Traumann, que pediu demissão na quarta (25) depois do vazamento de uma análise interna da secretaria com críticas ao PT e à comunicação do governo.

Ex-prefeito de Araraquara (SP) e ex-deputado estadual, Edinho atualmente estava dando aulas em uma faculdade particular. Ele aceitou o convite depois de se reunir com Dilma no Palácio do Planalto. Sua posse está marcada para a próxima terça (31).

À reportagem o novo ministro afirmou que a presidente pediu a ele a implantação de uma “política de diálogo” com os meios de comunicação e elogiou seu antecessor.

Sobre o desejo do PT de controlar a distribuição de verbas publicitárias da área de comunicação para beneficiar grupos simpáticos ao governo, Edinho disse que a presidente foi clara na orientação para “manter critérios técnicos” na distribuição das verbas publicitárias do governo.

“Só quem não me conhece pode imaginar que eu assumiria um posto desta importância para fazer algum tipo de manipulação. Os critérios são técnicos e vão continuar assim”, afirmou Edinho.

Na Educação, área considerada prioritária por Dilma, a presidente optou por um ministro com perfil oposto ao de Cid Gomes, que construiu sua carreira na política e não “media as palavras”, segundo seus próprios aliados, quando discordava de algo.

Janine fez carreira na academia. Professor de Ética e Filosofia Política na USP (Universidade de São Paulo), ele trabalhou no governo Lula de 2004 a 2008 como diretor de Avaliação da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), do Ministério da Educação.

Sua escolha surpreendeu porque a pasta da Educação era disputada por petistas e peemedebistas e, recentemente, ele fez críticas duras tanto a Dilma como ao PT.

Em entrevista à edição de março da revista “Brasileiros”, Janine criticou o fato de os avanços sociais do país nos últimos anos terem ocorrido pela via do consumo e disse que a presidente Dilma está isolada porque não dialoga.

Ele também criticou a falta de uma explicação mais clara do governo para as medidas do ajuste fiscal e disse que Dilma não dá autonomia aos integrantes de sua equipe. “Os ministros continuam tendo as orelhas puxadas cada vez que falam uma coisa de que ela não gosta”, disse.

A oficialização do nome de Henrique Eduardo Alves esbarrava, dentro do PMDB, em dois aspectos. Renan Calheiros, que esteve na quinta-feira (26) com o ex-presidente Lula, quer uma compensação pela eventual perda da pasta do Turismo. Gostaria de indicar um nome para o Ministério da Integração Nacional.

Além disso, a entrega de um ministério neste momento a um expoente do PMDB contraria o discurso de Renan e Eduardo Cunha, que em público passaram a defender o corte de metade dos ministérios. A assessores, a presidente disse que estava tudo em suspenso, depois de ter acertado a indicação com o próprio Henrique Alves.

Fonte: Do Folhapress.

Dom Helder foi arcebispo de Olinda e Recife até 1985. (Foto: Reprodução)

A Cúria Romana emitiu o primeiro parecer a respeito do pedido de abertura do processo de beatificação do ex-arcebispo de Olinda e Recife, dom Helder Camara. Conforme carta expedida pelo prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, cardeal dom Angelo Amato S.D.B., não há nada contra a solicitação enviada por dom Fernando Saburido, atuar arcebispo, em junho do ano passado. A expectativa agora é pela autorização em nível diocesano. Com o aval do Vaticano, dom Helder será nomeado Servo do Senhor.

A etapa seguinte consiste em reconhecer suas virtudes heroicas. Para isso, uma comissão jurídica se reunirá para estudar os textos publicados em vida e analisar os testemunhos de pessoas que conheceram o Dom da Paz. Depois, o relator do processo, nomeado pela Congregação para a Causa dos Santos, elabora um documento denominado “Positio”, com relatos e estudos realizados pela comissão. Assim que aprovado, o papa concede o título de Venerável Servo do Senhor. O passo seguinte é o da beatificação. Depois, ainda é preciso passar por mais uma fase: a canonização. Para ser proclamado santo é imprescindível a comprovação de um milagre.

Continue lendo

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou que irá convocar uma semana de esforço concentrado na Casa, em maio, para votar a reforma política. Em rápido discurso proferido na Fiesp, no primeiro ato da campanha “Mais Mulheres na Política”, Cunha disse que espera contar com o apoio do Senado para que a reforma política esteja sancionada até o dia 30 de setembro, a fim de valer para as eleições municipais de 2016.

Continue lendo

Deputado criticou órgãos ambientais e sugere Parceria Público Privada para tocar o Arco Metropolitano. (Foto: Reprodução)

Durante a audiência pública para tratar sobre o Arco Metropolitano, realizada nesta quinta-feira (26), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado Guilherme Uchoa (PDT) declarou que o governo estadual deve se responsabilizar pelas obras. Segundo ele, a gestão de Paulo Câmara (PSB) deve assumir o ônus de uma Parceria Público Privada e fazer a via. Uchoa ainda criticou os procedimentos feitos pela Agência Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH) e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) para liberação de qualquer intervenção. De acordo com Uchoa, se os dois órgãos existissem “Deus não teria criado o mundo em sete dias, porque até para cortar um pé de pau precisa de autorização”.

Fonte: Por Bruno Guimarães, do blog Roberta Jungmann, com informações de Kleber Nunes, da Folha de Pernambuco.

Futebol: Nas tardes de sábado, a quadra da EPAL se transforma em espaço de lazer e diversão para professores, alunos, ex-alunos e outras pessoas da comunidade.

Futebol: Nas tardes de sábado, a quadra da EPAL se transforma em espaço de lazer e diversão para professores, alunos, ex-alunos e outras pessoas da comunidade.

A Escola Polivalente de Abreu e Lima, do Governo do Estado, há mais de uma década, tem sido palco de um dos eventos mais tradicionais da cidade. Trata-se da “Pelada dos Professores da Epal”, que acaba de completar 14 anos. Fundado no dia 6 de fevereiro de 2001 por professores da respectiva instituição de ensino, o projeto, desde a sua origem, tem visado, entre outras coisas, possibilitar um momento de lazer e congraçamento entre seus componentes.

Apesar de ser chamada de Pelada dos Professores, a iniciativa também conta com a participação de alunos, ex-alunos e pessoas da comunidade. Atualmente, mais de 20 pessoas fazem parte do evento esportivo, que é realizado na quadra da escola, aos sábados, das 15h30 às 18h.

Continue lendo

A Prefeitura do Paulista, através da Secretaria de Assuntos Jurídicos, está iniciando um mutirão fiscal para auxiliar o processo de quitação de débitos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Os contribuintes que foram notificados extrajudicialmente por apresentar alguma dívida junto ao fisco já podem aproveitar as facilidades de negociação comparecendo, que começou no dia 10 de fevereiro, à prefeitura para ficar em dia com a cidade. A estimativa é de que exista algo em torno de 80 mil processos judiciais encalhados desde gestões da década de 1990.

Continue lendo

Obras: Estão em ritmo acelerado a construção do galpão.

Obras: Estão em ritmo acelerado a construção do galpão.

A construção do novo mercado público de Paratibe entrou numa das etapas mais importantes nesta semana. Os profissionais responsáveis pela obra estão implantando as colunas de sustentação da estrutura em pré-moldado. Ao todo, 63 pilares serão erguidos no local. Destes, 12 já estão prontos. A expectativa é de que até o final do mês de março todos estejam nas respectivas bases, aguardando apenas a colocação da cobertura. O investimento no novo centro de compras é de R$ 12 milhões.

Continue lendo

EDSON PEDRO
O presidente da Câmara Edson Pedro apresentou, no mês de fevereiro, à Mesa Diretora da Câmara o Projeto de Lei de n° 03/2015, que fala sobre o transporte de alunos da rede pública de ensino, portadores de necessidades especiais, para que tenham o serviço gratuito de transporte. Embora reconheça os obstáculos orçamentários, não têm impedido o atual Governo da Ilha de buscar e adotar iniciativas de grande alcance social em várias áreas. Mas ainda existem casos, de alunos que deixaram de comparecerem a escola por falta de veículos escolares adaptados ao transporte adequado de alunos portadores de necessidades especiais.

LUCIANO RODRIGUES
A Mesa Diretora da Câmara de Itamaracá aprovou, por unanimidade, o requerimento de nº 017/2015, de autoria do vereador Luciano Rodrigues, que reivindicou do prefeito do município para que entre em entendimento junto ao órgão competente do Governo do Estado, visando à mudança de local da atual parada de ônibus da comunidade conhecida como Presídio nesta Ilha, devendo a mesma ser instalada na entrada da Vila Velha. “Essa é uma reivindicação daqueles que residem na Vila Velha e que usam o transporte coletivo diariamente”, informou o vereador.
Continue lendo

Assim como era esperado, o governador Paulo Câmara (PSB) anunciou, nesta segunda-feira (23), a terceira etapa do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM 3), com a previsão de investimentos num total de R$ 263 milhões, 9,13% a mais que o FEM de 2014. Durante a abertura do 2º Congresso Pernambucano de Municípios, o socialista também assinou decreto pra criação do escritório de projetos pra dar suporte técnico aos municípios.

Essa nova estrutura estatal é ligada à Secretaria de Planejamento e Gestão e vai disponibiliza no primeiro momento R$ 10 milhões pra financiamento de projetos de engenharia. O escritório vai funcionar como um núcleo de apoio aos prefeitos.

Continue lendo

Pesquisar

Publicidade






Encontre-nos no Facebook