Get Adobe Flash player

Foto: Divulgação. A marca cearense Goldentec lança neste mês o primeiro tablet totalmente feito no Nordeste. O aparelho chega para aproveitar o mercado aquecido do final do ano e vai concorrer com produtos de baixo custo com valores abaixo dos R$ 500. Ele chega ao mercado como uma das opções mais baratas do varejo: R$ 189,90 na versão de 4GB e R$ 238,90 na versão de 8GB.

O aparelho tem memória expansível para 32GB por microSD, tela LCD de 7″, sistema Android 4.2.2, função e-book, câmera de 0,3 MP frontal e USB 2.0. A resolução é de 800×500 pixels. O tablet está em fase de produção, na fábrica da Ibyte no Ceará e deve chegar às lojas em dezembro. Segundo a marca já foram realizadas diversos testes, desde a montagem até o envio de um lote piloto para alguns usuários que testaram o produto durante dez dias.

Depois de passar por todas as provas foi produzido um lote com 30 equipamentos a fim de identificar alguma falha. A partir daí a marca deu início à produção diária com média de 600 produtos/dia.

A marca Goldentec faz parte da rede Ibyte de varejo de tecnologia, que atua no Ceará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Pernambuco. O primeiro tablet nordestino é ideal para quem busca aparelhos baratos com bom custo-benefício, mas hardware modesto.

Fonte: Por Paulo Floro, do MundoBit.

Metade dos municípios pernambucanos devem terminar 2014 com problemas junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). Segundo levantamento do próprio TCE, 90 das 184 cidades estão acima do limite máximo de comprometimento da receita com despesas de pessoal, que é de 54%. Para evitar punições, alguns prefeitos precisaram “cortar na carne”, demitindo funcionários comissionados e contratados em massa. No entanto, o clima de crise deve permanecer sem solução em 2015.

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estabelece limites de comprometimento com despesa de pessoal e o TCE é responsável por alertar os prefeitos. Quando a prefeitura extrapola o limite máximo, de 54%, o gestor fica impedido de contrair novas despesas e ainda pode ser punido. Só em 2014, 151 municípios receberam os três tipos de alertar emitidos pelo TCE.

No topo da extensa lista de cidades acima dos 54%, o município de Cupira, no Agreste, chega a comprometer 77,95% da sua receita anual com despesas de pessoal. De um orçamento de R$ 34 milhões, a prefeitura emprega R$ 26 milhões para a folha de pagamento. Com os R$ 8 milhões restantes, o prefeito tem que fazer a manutenção da máquina administrativa e dos serviços oferecidos nas áreas de educação, saúde, assistência social e limpeza urbana, por exemplo. Outro caso é Nazaré da Mata, com orçamento anual de R$ 40 milhões, dos quais utiliza R$ 30 milhões (76,31%) para remunerar o quadro funcional. Grandes cidades como Paulista (55,17%), Igarassu (66,62%), Carpina (63,52%), Goiana (63,40%) e Gravatá (67,03%) também entraram na lista.

Para se adequar à lei, os municípios têm recorrido a corte nas gratificações, como fez o Cabo de Agostinho e Moreno, no Grande Recife, e Água Preta, na Mata Sul. Para outros, o jeito foi demitir cargos comissionados. Carpina, na Mata Norte, demitiu cerca de 400 comissionados, enquanto Itapissuma, no Grande Recife, colocou na rua 160 pessoas que ocupavam cargos de comissão. “No final do ano ficou mais claro, a crise agravou-se. Demissão é uma coisa terrível, é a última medida que qualquer gestor toma”, afirma o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota.

Segundo Patriota, dificilmente as prefeituras que extrapolaram os 54% irão honrar os compromissos trabalhistas dos funcionários demitidos, como pagamento de décimo terceiro e férias. “Acho que a maioria (das prefeituras) não vai cumprir. A gente nunca viveu uma crise tão grave, é difícil cumprir a missão com receita estagnada”, confessa Patriota.

A diminuição dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é vista como principal fator de redução das receitas municipais. “Os funcionários de programas federais e estaduais, como o Saúde da Família, são registrados na folha do município. Se a União e o Estado assumissem os gastos dos seus programas, nossa situação estaria melhor”, definiu. Entre as soluções, Patriota apontou o aprimoramento do pacto federativo e a redistribuição de atribuições de União, Estados e Municípios.

De acordo com a coordenadora de controle externo do TCE, Bethânia Melo, o ideal é que as prefeituras fiquem perto do limite que a lei impõe. O exercício de 2014 se encerra no dia 31 de dezembro, mas os prefeitos terão até o dia 30 de janeiro de 2015 para apresentar um percentual de acordo com a LRF. “Caso o prefeito ultrapasse a despesa com pessoal (54%), a LRF concede um prazo de 2 quadrimestres para retorno ao limite”, explica Bethânia. Essa recondução ao limite será acompanhada pelo TCE e, caso o gestor não cumpra os prazos, ele pode ter as contas rejeitadas.

Fonte: Por Ulysses Gadêlha, do JC Online.

A Prefeitura do Recife realizou uma audiência pública para discutir o plano urbanístico para a Zona Especial de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural (ZEPH) – 19, nesta quarta-feira (19). O terreno abrange a Santa Casa da Misericórdia e a Vila Naval, no bairro de Santo Amaro, na área central da cidade. A gestão apresentou a minuta do projeto de lei que estabelece os parâmetros de construção em uma área de 125 mil metros quadrados. A área pertencente à Marinha vai da Praça Onze de Junho, em frente à Vice-Governadoria do Estado, até a Escola de Aprendizes Marinheiros, no limite com Olinda. O documento final deverá ser aprovado pela Câmara Municipal e, só então, a Marinha do Brasil poderá negociar com as empresas interessadas em empreender na área.

O terreno foi dividido em sete lotes (A, B, C 1, C2 , D, E e F). A área ‘A’ inclui o Hospital de Santo Amaro e institui restrições para construções em áreas próximas, a exemplo de prédios com limites de até 75 metros de altura para, assim, manter a conexão visual do monumento histórico com a frente d’agua. As zonas ‘B’ e ‘C’ são destinadas à renovação urbana e ao incentivo da instalação de equipamentos públicos no bairro de Santo Amaro. Para a área ‘D’, antes restrita por ser área da União, a proposta é deixar esta parte aberta ao acesso público. Na zona ‘E’, haverá residências para oficiais da Marinha. Na Zona ‘F’, a sugestão é colocar uma estação de transporte fluvial. Nas proximidades da Avenida Cruz Cabugá, a sugestão é a construção de uma praça com área mínima de seis mil metros quadrados.

O plano estimula o uso misto das edificações, com galerias comerciais e de serviço no pavimento térreo e com permeabilidade entre os espaços públicos e empreendimentos privados, para viabilizar a circulação de pedestres. As áreas de edificação poderão ser permutadas entre si, desde que isso garanta mais espaço para uso público e não ultrapasse os coeficientes de ocupação definidos. Durante a reunião, também foi sugerida uma cobertura vegetal de 60% em edificações e áreas de lazer.

O plano permite a demolição de 155 casas da década de 1930 da antiga Vila das Costureiras, da extinta Fábrica Tacaruna, que passou às mãos da Marinha, por decreto, em 1951. Mas a ideia é manter partes da infraestrutura da vila, que não é tombada, mas é Zona Especial de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural (Zeph 19). “Os parâmetros básicos são a preservação e integração dos equipamentos históricos, naturais e infraestrutura existentes”, salienta o secretário de Planejamento e Desenvolvimento, Antônio Alexandre.

Na negociação para exploração comercial da área pela Marinha, o município terá dois ganhos. O primeiro é na mobilidade, pois o plano urbanístico prevê o alargamento de 12 metros da Avenida Cruz Cabugá, que integra o Corredor Norte-Sul de BRT (ônibus de trânsito rápido); a abertura da Rua Batista Regueira, na beira do rio, que permitirá a ligação do Recife com Olinda, inclusive por meio de ciclovia; e das vias transversais entre o rio e a Avenida Cruz Cabugá, a cada lote. O outro ganho é a cessão do Parque dos Manguezais, uma área de 248,34 hectares, entre os bairros do Pina, Boa Viagem e Imbiribeira, na Zona Sul.

Para um dos integrantes do grupo Direitos Urbanos, Leonardo Cisneiros, o alargamento da Avenina Cruz Cabugá não é bom para a população. “Isso vai privilegiar os carros, e não as pessoas. Vai ser criada uma barreira invisível para os moradores de Santo Amaro”, argumentou. Durante as intervenções na audiência pública, moradores da região pediram que a escola estadual da vila naval fosse mantida.

Fonte: Do JC Online, com informações da repórter Bianca Bion.

Representante: Ademar representa o segmento evangélico.

Representante: Ademar representa o segmento evangélico.

No último dia 31 de outubro, foi comemorado em Igarassu o Dia da Consciência Evangélica. A data foi instituída na cidade a partir de um projeto de lei nº 2.776/2012 de autoria do vereador Ademar de Barros (PDT) e tem como proposta ser um momento de confraternização da comunidade cristã, reflexão e reconhecimento da importância que este segmento tem para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. “Quando a gente mostra a importância da comunidade evangélica para a sociedade como um todo, contribui para a quebra de preconceitos. Apesar da expansão no número de igrejas e de fieis, é comum nos depararmos com casos de intolerância religiosa”, comentou.

A iniciativa do vereador acompanha o exemplo de várias outras cidades brasileiras que incluíram no calendário a celebração da data para a comunidade evangélica. Mundialmente, o dia 31 de outubro é conhecido por ser o momento em que se celebra a Reforma Protestante. Em 1517 desse mesmo dia, Martinho Lutero afixou as 95 teses da portaria da catedral alemã de Wittenberg. Elas protestavam contra doutrinas predominantes na época e propunham uma reforma no catolicismo. O movimento ganhou força, levando ao surgimento da Igreja protestante.

Desde então foram muitos os momentos de perseguição vivenciados por aqueles que decidiram viver a fé em Cristo. A história está repleta de casos de intolerância religiosa, muitos culminando em assassinatos sangrentos ou privações das mais variadas. Porém não é preciso retroceder muito no tempo. Recentemente o México, país da América, foi palco de afrontas a liberdade religiosa, conforme lembra o vereador Ademar de Barros.

“Naquele país, um grupo de famílias indígenas que havia se convertido ao protestantismo foi expulsa da comunidade onde vivia porque não quis renunciar a fé. Elas precisaram se mudar de cidade. Isso é muito grave”, contou Ademar. O caso citado pelo vereador ocorreu em Oxaca e ganhou repercussão nacional. Porém não foi o único. De maneira semelhante, famílias foram expulsas dos locais onde viviam no México pelo mesmo motivo. Em Jalisco e em Hidalgo foi proibida a construção de um templo evangélico.

Ademar de Barros lembrou que o preconceito religioso é crime no Brasil. “Aqueles que forem vítimas devem procurar seus direitos”, ressaltou. Ele destaca ainda a necessidade de uma maior atenção ao trabalho desenvolvido por comunidades cristãs junto a recuperação de pessoas envolvidas com drogas. “Enquanto algumas pessoas jogam pedras, as igrejas estão fazendo trabalhos valiosos junto aqueles que foram marginalizados da sociedade e se viram perdidos no mundo das drogas”, comentou. Igarassu conta, hoje, com mais de 36 mil evangélicos de diversas denominações. É um dos percentuais mais significativos do estado.

Apesar do registro de chuvas na capital e municípios da Grande São Paulo, o volume do Sistema Cantareira caiu nesta terça-feira (4) e chegou aos 11,8%, somando as duas reservas técnicas. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) começou a contabilizar desde o dia 24 do último mês a segunda cota do volume morto do Sistema Cantareira — no entanto, a Companhia esclarece que ainda não irá utilizar água dessa reserva. As outras represas que abastecem a capital paulista e região metropolitana também registraram queda em seus níveis.

De acordo com o balanço diário da Sabesp, a primeira cota do volume morto do reservatório chegou a 1,1%. Em nota, a companhia informou que “ainda existem 28 bilhões de litros da primeira parte da reserva técnica”. Por esse motivo, ainda de acordo com o texto, o volume da segunda cota da reserva técnica do Sistema Cantareira, que é de 105 bilhões de litros, “não está sendo bombeado”.

Apesar da incidência de chuvas, os demais reservatórios também apresentaram diminuição em comparação com as medições realizadas na última segunda-feira. O Sistema Alto Tietê chegou aos 8,6%, o Sistema Alto Cotia aos 29,9% e o Guarapiranga atingiu os 37,5%. Se as chuvas não chegarem em quantidade suficiente, a situação do sistema Cantareira pode piorar.

As mulheres do Paulista que estão em período gestacional devem ficar atentas. As unidades de saúde da rede municipal estão disponibilizando a vacina DTPa que previne a futura mamãe e o bebê contra três tipos de doenças: difteria, coqueluche e tétano. A dose, que não tem contraindicações, é destinada, exclusivamente, ao público feminino dentro do período de 27 a 36 semanas de gravidez. A iniciativa está sendo coordenada pela equipe do Programa Nacional de Imunização (PNI).

A meta da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar mais de quatro mil gestantes na cidade. As mulheres que já passaram deste período gestacional não precisam se preocupar. Numa futura gestação, basta procurar qualquer unidade de saúde para tomar a dose. O procedimento também serve para as grávidas que ainda não chegaram ao referido período. Assim que alcançar a fase estipulada, poderão buscar a DTPa, gratuitamente, em qualquer ponto de vacinação na cidade.

O governo municipal orienta as gestantes a procurar as unidades de saúde com a carteira de vacinação em mãos para atualizá-lo. A dose passou a fazer parte do calendário oficial do PNI.

Diante de um auditório lotado, o prefeito do Paulista, Junior Matuto (PSB), e a reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Cláudia Sansil, participaram, no último dia 16 de outubro, da aula inaugural da unidade do IFPE em Paulista.

A solenidade de boas-vindas aconteceu na sede provisória do instituto, que passa a funcionar na Faculdade de Saúde do Paulista (FASUP), no bairro da Vila Torres Galvão, às margens da rodovia estadual PE-15. O prédio vai abrigar os estudantes provisoriamente até que a obra do imóvel definitivo em Maranguape I seja concluída.

Na unidade, os 144 alunos aprovados no vestibular terão a oportunidades de se qualificar em duas áreas importante para o mercado de trabalho, sendo elas: técnico em administração; e manutenção e suporte em informática. Os cursos foram escolhidos pela própria população do município, após a realização de audiências públicas. As aulas do novo campus Paulista teve início, no dia 20 de outubro, em dois expedientes.

Durante a aula inaugural, o prefeito Junior Matuto destacou a alegria de poder contar com uma unidade do IFPE em Paulista. “Graças à sensibilidade do ex-governador Eduardo Campos, quando decidiu implantar a fábrica da Fiat em Goiana, o eixo Norte de Pernambuco vem crescendo muito e abrindo vagas importantes no mercado de trabalho. Nossa cidade passou a ter um papel ainda mais importante neste contexto, garantindo mão de obra para as fábricas e empresas que chegam à região diariamente. Por isso, desde que doamos o terreno ao IFPE, sonhávamos com esta data tão importante, a aula inaugural do campus Paulista. E sei que este é apenas o primeiro passo para a realização de muitos sonhos, não só os nossos, mas principalmente o de vocês”, concluiu.

Novas vagas – As inscrições para o vestibular 2015 do campus IFPE Paulista encerraram, no último dia 20 de outubro. Estão sendo oferecidas 144 vagas para os cursos de manutenção e suporte em informática e técnico em administração. As pessoas inscritas na seleção vão se submeter às provas de português, matemática, física, química, história e geografia, no dia 23 de novembro. O procedimento, que custa R$ 20,00, pode ser feito pelo site da instituição no http://www.ifpe.edu.br. Os dois cursos serão distribuídos em quatro turmas com 36 alunos cada uma. O primeiro semestre tem início em março de 2015 e os cursos duram 18 meses.

Diante-do-Pai-em-ItapissumaUma multidão participou no último sábado (25), do 9º evento Famílias Diante do Pai, promovido gratuitamente pela Igreja Apostólica Batista Viva (IABV). A 9ª edição contou com a participação da cantora gospel Bruna Karla. Evangélicos e não evangélicos se reuniram na quadra poliesportiva, em Itapissuma, para adorarem ao Senhor Jesus.

Com uma programação diversificada, a equipe de louvor da Igreja IABV junto com o ministério de dança fizeram a primeira apresentação, por volta das 18h30. E o público, bastante animado, acompanhava as músicas com palmas e danças.

Na segunda parte do evento, houve o momento das homenagens. Elas foram direcionadas a algumas pessoas que fazem parte da história de Itapissuma. Entre elas, o primeiro prefeito Yves Ribeiro, que emancipou a cidade; a inventora da caldeirada Maria Irene da Silva, chamada por todos de dona Irene. A iguaria, considerada a comida mais tradicional para os itapissumenses, já faz parte da culinária pernambucana, além de ser conhecida nacional e internacionalmente. Um outro homenageado foi o atual prefeito de Itapissuma Cal Volia (PSDB), que entregou a chave da cidade ao pastor da igreja IABV, Josenilson Andrade, simbolizando a entrega do governo para o Senhor Jesus. Além dele, o vereador Lukinha (PROS) também recebeu homenagem.

De acordo com o pastor Josenilson, ele acreditou e apoiou o evento desde a primeira edição, em 2006. Já o coordenador geral do Famílias Diante do Pai, Francisco Lopes, recebeu condecorações devido à dedicação ao planejamento, organização e execução do evento.

Finalizado esse momento, foi a vez de Bruna Karla fazer a apresentação, por volta das 21h. Cerca de quinze mil pessoas entoaram, quase como um coral, as músicas da cantora, em duas horas de show. Ao final, diversas pessoas se converteram a Cristo.

O evento evangelístico, que chegou a 9ª edição, teve o apoio da Ricaom Komer, e Escola Técnica de Pernambuco (ETPE), e com os esforços dos membros da igreja. “Nós temos uma visão de unidade. Entendemos que por meio dela, o Senhor tem nos dado os recursos necessários para realização deste evento. Temos algumas estratégias para granjear o valor que precisamos para montar toda esta estrutura. Saímos às ruas para vendermos munguzá, bobó de camarão, tapioca, salgados, chocolate, queijo, canetas, sorteios, além de fazermos bazar de roupas e acessórios”, explicou Francisco.

O Famílias Diante do Pai, ano após ano, atrai um público maior. O evento que já faz parte da programação oficial de Itapissuma,  tomou uma proporção gigantesca. Realizado pela primeira vez em um clube da cidade, teve a participação de seiscentas pessoas, este ano, contabilizou aproximadamente quinze mil. Há quatro anos, o evento é gratuito e traz cantores evangélicos renomados. “Deus tem consolidado este evento, pois acredito que por meio deste projeto, a história de muitos jovens, homens e mulheres vai ser mudada, ou seja, conquistaremos as famílias de Itapissuma e de cidades vizinhas para o Senhor Jesus”, declarou o pastor Josenilson

Os idosos do Paulista que moram no bairro do Catolé já podem comemorar. A comunidade foi contemplada, no último de 17 de outubro, com a implantação de um polo do programa “Saúde em Movimento”. O serviço chega ao vigésimo primeiro núcleo de atividades físicas gratuitas voltadas às pessoas da terceira idade. O lançamento do novo polo aconteceu, às 6h, nas dependências da Associação de Moradores.

A expectativa é de que o programa beneficie, inicialmente, cerca de 30 idosos do bairro do Catolé. As aulas serão realizadas nas quartas e sextas, sempre às 6h, na Associação de Moradores. Os interessados em participarem da iniciativa devem procurar o posto de saúde da comunidade para se submeter a uma avaliação física e médica. Após o exame, o idoso estará apto a compor o grupo.

Com 21 polos, o “Saúde em Movimento” contempla, aproximadamente, 1,8 mil idosos do Paulista. A promoção do bem-estar da população na terceira idade faz parte das ações prioritárias da Secretaria Municipal de Saúde.

Pavimentação
O presidente da Câmara Municipal de Itamaracá, vereador George Augusto Martins, requereu da Mesa Diretora, por meio do requerimento de nº 153/2013, onde solicitou do prefeito Paulo Batista, que autorize à secretaria competente o serviço de pavimentação e drenagem da ladeira da Biquinha, em caráter de urgência, a fim de melhorar o acesso à comunidade.

Terraplanagem
Cumprindo as formalidades regimentais, e ouvido o plenário, o vereador Celso José das Neves solicitou à Mesa Diretora, por meio requerimento de nº 87/2013, que seja encaminhe prefeito Paulo Batista (PTB), que o mesmo autorize o aterro e terraplanagem da Rua Oitizeiro e Travessa do Oitizeiro, transversais da Ladeira do Por do Sol, no Forte Orange. Ele disse que a rua sofre os efeitos das chuvas que descem do alto, causando o surgimento de buracos. E os moradores não podem ficar prejudicados de inverno a verão.

Detran
O vereador Paulo Fernando Galvão solicitou do chefe do Executivo Municipal, em agosto, através do requerimento de nº 89/2013, que o mesmo solicite do Departamento de Transito de Pernambuco – DETRAN, com a finalidade de instalação de uma unidade do CIRETRAN na Ilha de Itamaracá, a fim de atender à demanda dos proprietários de veículos que precisam se deslocar a outras cidades.

Saúde
O parlamentar Santino José de Oliveira (Galego) solicitou da Mesa Diretora da Casa, através do requerimento de nº. 109/2013 mesa, depois de ouvido o Plenário, cumprindo as formalidades regimentais, que seja formulado apelo ao prefeito Paulo Batista, para que envie a esta Câmara Municipal, cópia dos Empenhos relacionados ao pagamento das despesas realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde, no período de janeiro a fevereiro de 2013.

DER
A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Itamaracá aprovou, por unanimidade, o requerimento de nº 136/2013, de autoria do vereador Manoel Marinho Neto, onde reivindicou do prefeito Paulo Batista, que entre em entendimento com o Departamento de Estrada e Rodagem (DER), para que seja feito o serviço de reconstrução da pavimentação da estrada (estrada Miguel Arraes de Alencar), que dá acesso à comunidade da Vila Velha.

Construção de sala
O vereador Edielson Beserra Lins (Diel) apresentou, no mês de agosto, o requerimento de nº 146/2013, onde reivindicou do chefe do Executivo Municipal, Paulo Batista, a realização de serviços de ampliação do telhado da Escola Municipal Dulce da Costa Lima, cobrindo a área existente na parte da frente da referida escola, bem como a construção de uma sala de informática para os alunos da rede municipal.

Pavimentação de rua
O parlamentar Edson Pedro da Silva requereu da Mesa Diretora, em agosto, por meio do requerimento de nº 166/2013, em que reivindicou do prefeito do município, Paulo Batista, que o mesmo autorize a pavimentação e drenagem em toda a extensão da Rua Maria do Carmo Menezes, situada no bairro dos Quatro Cantos, que liga a estrada do Chié.

Lazer
A Mesa Diretora da Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, o requerimento de nº 175/2013, de autoria do Luciano Rodrigues (Lukinha), que solicitou do prefeito Paulo Batista, que o mesmo autorize a construção de quatro campos societ na Ilha de Itamaracá, nos bairros da Salinas, Jaguaribe, Sossego e Alto da Bela Vista. Os espaços servirão para os jovens praticarem esportes e outras atividades.

Acessibilidade
O vereador Luis Francisco de Assis Junior apresentou, no mês de agosto, à Mesa Direta da Casa o requerimento de nº 181/2013, solicitando do prefeito do município, Paulo Batista, para que a Prefeitura autorize a pavimentação da Rua Brumado, objetivando melhorar as condições de acessibilidade na localidade. Ele disse que o estado da rua é precário e precisa de uma intervenção urgente.

Pesquisar

Publicidade






Encontre-nos no Facebook