Get Adobe Flash player

Abreu e Lima

Buraqueira: Trecho do centro de Abreu e Lima danificado.

Buraqueira: Trecho do centro de Abreu e Lima danificado.

Está quase intransitável passar de carros pelo centro da cidade de Abreu e Lima. Os buracos, ao longo da BR-101, que corta todo o município, estão causando transtornos aos pedestres e, principalmente, aos motoristas. Os buracos expostos pelos maus serviços de conservação da rodovia estão, cada vez mais, expandindo-se e, consequentemente, furando pneus e quebrando a suspensão dos carros. Embora saibamos que a competência não é da Prefeitura Municipal de Abreu e Lima, mas do DENIT, cabe aos gestores da cidade fazerem alguma coisa, em caráter de urgência. Do jeito que as coisas então indo não dá para suportar nem um dia. A cidade dos buracos como está sendo apelidada Abreu e Lima, parece que está isolada. Onde estão os vereadores e o presidente da Câmara Municipal? O que está fazendo a Secretária Municipal de Obras? O prefeito Marcos José precisa tomar uma atitude rápida e concreta. Ele deveria cobrar ajuda dos deputados federais Raul Henry e Humberto Costa. Não pode ficar nesta situação.

INSATISFAÇÃO POPULAR
As reclamações estão surgindo por todos os lados. A população cobra uma providência do Poder Público. Mas os mais prejudicados são os comerciantes que estão amargando prejuízo nas vendas, porque as pessoas que vêm de outras cidades, em trânsito, ficam impossibilitadas  de estacionar e fazerem suas compras, consequentemente os donos de lojas estão no prejuízo.

RESPOSTA
A reportagem da Folha Metropolitana procurou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Abreu e Lima, para saber as providências que seriam tomadas. A assessoria informou (por telefone) que não compete ao município o conserto da estrada, mas ao Governo Federal.

Alegria: Funcionários da empresa recebem seus presentes.

Alegria: Funcionários da empresa recebem seus presentes.

Em consideração à valiosa contribuição dos colaboradores, a Itamaracá Transportes tem presenteado os funcionários que completam aniversário de 10, 15, 20, 25 e 30 anos de empresa. O programa de reconhecimento teve início em 2012. Segundo a direção da empresa, a ideia é valorizar a dedicação daqueles que durante todo esse tempo trabalharam para o desenvolvimento da organização.

As premiações serão de acordo com o tempo de empresa e varia de cartões presentes de loja até viagens com direito a acompanhante.

Com 20 anos de empresa, o supervisor de tráfego, Marcelo Menezes, tenta ser exemplo de profissional para os colegas do setor. “Entrei na empresa para ser cobrador. Depois fui promovido para controlador de terminal e hoje sou supervisor de tráfego. Ao longo desses 20 anos tenho como pontos fortes a disciplina e o diálogo”, comentou o funcionário. A Itamaracá Transportes continuará a contemplar os seus melhores colaboradores com o Programa Tempo de Casa, homenageando e presenteando-os.

No último dia 21 de Junho, o deputado federal Severino de Souza Ninho (PSB) foi recebido, em audiência, pelo presidente do Consórcio Grande Recife, Nelson Menezes, quando tratou da construção de estações no Corredor Norte/Sul, no trecho entre Igarassu e o Terminal Integrado Pelópidas Silveira.

Na ocasião, Nelson Menezes confirmou a construção de uma estação no centro de Cruz de Rebouças, fruto de uma constante cobrança sua junto ao secretário das Cidades, Danilo Cabral. Da mesma forma, insistiu na construção de estações para Abreu e Lima, estando uma já em obras ao lado do terminal de passageiros (em frente ao hospital Miguel Arraes).

Segundo Ninho, durante a audiência, Nelson Menezes informou que ônibus circulares levarão a população até os terminais de Igarassu e Abreu e Lima, e que, no futuro, devido às perspectivas de crescimento da demanda em todo o Litoral Norte, com a implantação da fábrica da Fiat e do Pólo Farmacoquímico, em Goiana, novas estações poderão ser implantadas no centro de Cruz de Rebouças e de Abreu e Lima.

“Apesar de comemorar a construção das duas estações, vou insistir junto à Secretaria das Cidades do Governo do Estado para que número seja ampliado para, pelo menos, 6. Ficou agendada para o próximo dia 08 de julho uma nova rodada de negociações”, informou o deputado, acrescentando que continuará lutando pelos interesses da região.

O vereador Éden Pedro (PDT), após receber reclamações de moradores, resolveu fazer uso de sua prerrogativa de fiscalizar e visitou o posto de saúde da comunidade de Engenho Novo, na Zona Rural do município. Lá identificou um completo descaso com a população. Pacientes reclamam que o único médico da unidade só trabalha uma vez na semana, com um atendimento abaixo do esperado, e a enfermeira do PSF só está presente duas vezes por semana, além de realizar consultas pediátricas sem a devida capacitação. O posto de saúde está funcionando dentro de uma escola municipal em péssimas condições estruturais: fiações expostas, infiltrações, além de salas e banheiros sem portas. “Para se ter uma ideia do  esquecimento em que vive a comunidade, as fichas utilizadas para preenchimento de informações dos pacientes ainda são da gestão do ex-prefeito Jerônimo Gadelha. O ambulatório, que funciona no que deveria ser uma sala de aula, está sem portas e tem remédios espalhados pelo chão”, denunciou o vereador.

De acordo com Éden Pedro, ele disse à reportagem da Folha Metropolitana que a paciente Maria do Carmo foi até o posto de saúde para aferir pressão arterial e realizar exame de glicose, “mas ao chegar à unidade de saúde foi informada de que não poderia ser atendida,  pois não havia quem realizasse o atendimento e a responsável estava em capacitação”,  comentou ele, ressaltando que ouviu a reclamação da senhora Micilene que levou sua filha para ser vacinada, mas sem sucesso e voltou para casa, já que não havia vacinas e muito menos quem a aplicasse. “Populares afirmaram que a Prefeitura tem adotado a prática de colocar as placas com valor estimado das obras na localidade, tirar fotos e depois removê-las”, criticou Éden Pedro, que ainda ouviu os funcionários do posto de saúde, que reivindicam a abertura de processo de concurso público para a saúde em Abreu e Lima, além de melhores condições de trabalho. Éden que, recentemente, denunciou nos meios de divulgação o descaso na Rua Alto da Bela Vista, com uma obra mal planejada no valor de 179 mil reais, também criticou o mau uso do dinheiro público em Abreu e Lima: “Eu, Éden Pedro, sou contra o desperdício do dinheiro público, bem como a sua má aplicação.

Os abreulimenses estão precisando de um gestor que cuide bem da saúde, da educação, que desenvolva políticas públicas que atendam aos anseios da população. Defendemos ainda que o posto de saúde de Chã de Cruz e de Engenho Novo passem a funcionar de maneira digna “e que o pastor Marcos José devolva ao povo dessas comunidades as ambulâncias retiradas pelo perseguidor dos menos favorecidos, o ex-prefeito Flávio Gadelha”, completou.

PREFEITURA
Procurada pela Folha Metropolitana, a assessoria de imprensa informou que iria dá uma resposta sobre as denúncias no PSF de Engenho Novo. Mas até o fechamento dessa edição (19h), não havia chegado nenhuma nota da Prefeitura.

A onda de manifestações populares espalhadas por todo o país, deve chegar também no município de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. Estudantes estão preparando uma grande passeata nos próximos dias, para protestarem contra os maus serviços da Itamaracá Transportes, dos buracos no centro da cidade de Abreu e Lima, que estão prejudicando o trânsito, entre outras reivindicações, como investimentos na saúde e educação.

Uma empresa moderna e antenada com o desenvolvimento da comunicação mundial, não pode ficar de fora da esfera da mídia eletrônica. Por isso, a Itamaracá Transportes disponibiliza aos seus clientes e usuários site e facebook nas redes sociais.

Você conhece o site da Itamaracá? Acesse www.itamaraca.com.br e fique por dentro de tudo o que acontece na empresa. As últimas notícias, os eventos, fotos e até a versão online do Informatil (Jornal Interno), podem ser encontrados na web. Aproveite para saber mais sobre a história, os serviços e o compromisso socioambiental da Itamaracá. Nas redes sociais, não deixe de curtir nossa página no Facebook, www.facebook.com/Itamaraca.

Bom início: Seleção da Itamaracá sai na frente.

Bom início: Seleção da Itamaracá sai na frente.

Rodocopa 2013
A Seleção Itamaracá já começou a Rodocopa 2013 balançando a rede dos adversários. Os craques da empresa estrearam no dia 19 de maio, contra o time da Vera Cruz. A seleção da Itamaracá sobrou em campo e ganhou de 4 X 1, no grande clássico que marcou a abertura oficial da competição.

Postura: Éden Pedro foi eleito vereador pela oposição.

Postura: Éden Pedro foi eleito vereador pela oposição.

O vereador Éden Pedro (PDT) assumiu o papel da oposição, na Câmara Municipal, contra a gestão do prefeito Marcos José da Silva (PT). Eleito com mais de 1400 votos, Éden recebeu o apoio do ex-prefeito Jerônimo Gadelha (PSB), para conduzir a oposição no município de Abreu e Lima. Em entrevista à Folha Metropolitana, no último dia 30 de maio, ele disse que exercerá suas prerrogativas de vereador, que é de legislar e de fiscalizar os atos do Poder Executivo em todas as instâncias da gestão. “Farei oposição com responsabilidade e coerência, buscando a transparência e a honestidade com a aplicação do dinheiro público”, avisou Éden, acrescentando que discutirá, também, no plenário da Câmara, as políticas públicas e a receita orçamentária do município, o que se faz com o dinheiro e onde está sendo aplicado. “Fiscalizarei cada centavo. Se houver irregularidade ou desvio dos recursos, denunciarei ao Ministério Público”, sentenciou o vereador.

Com relação à atual gestão, o pedetista criticou “a tão badalada” captação de recursos federais. Mas indagou o que a Prefeitura tem feito com a arrecadação do município. “Onde estão sendo gastos quase nove milhões de reais. Onde estão as obras? Vou fiscalizar o que esse grupo está fazendo com o dinheiro. Já estou acionando o Ministério Público”, afirmou Éden Pedro, ressaltando, entretanto, que o prefeito Marcos José, embora seja inexperiente, é um homem bom e respeitoso. “Como gestor, ele está aprisionado ao ex-prefeito Flávio e à política velha e atrasada”, comentou ele, afirmando que outras pessoas interferem na Prefeitura. Ele citou o caso do vice-prefeito Josias Azevedo que empregou todo o seu grupo político.

Éden Pedro disse que a “influência sufocante” do ex-prefeito Flávio estaria prejudicando o governo do prefeito Marcos José. Segundo o vereador, a população espera que o pastor Marcos José assuma, de fato, o comando da Prefeitura de Abreu e Lima.

O vereador adiantou que a ex-candidata a prefeita, Cláudia Gadelha (PSB) está “viva” politicamente e vai participar do embate dos principais problemas do município. “Na função de oposição, ela vai acompanhar, de perto, os fatos e denunciar quando necessário”, garantiu Éden.

Investimentos: A obra da unidade custará 14 milhões e meio.

Investimentos: A obra da unidade custará 14 milhões e meio.

O Governo do Estado contemplou a cidade de Abreu e Lima com a implantação da Unidade de Pronto Atendimento Especializado (UPAE), no bairro de Desterro que faz fronteira com o bairro de Cruz de Rebouças, em Igarassu. Os serviços de terraplanagem já começaram. A obra está orçada em 14 milhões e meio, com a duração de 10 meses para a conclusão da unidade de saúde.

Quem está comemorando o investimento é o deputado federal Severino de Souza Ninho (PSB), o autor da indicação junto ao Governo do Estado. Em outubro de 2011, quando assumiu o mandato de deputado federal, sua primeira proposta foi uma indicação ao ministro da Saúde, pedindo uma UPA para Abreu e Lima. Segundo ele, a cidade não havia sido contemplada quando da construção das UPAs de Cruz de Rebouças, Paulista e Olinda. “Passei o último ano e meio cobrando essa importante obra. Sensível aos meus apelos, o governador Eduardo Campos decidiu construir uma UPAE em Desterro, na cidade de Abreu e Lima, que faz divisa com Igarassu. Em tempo, destinei uma emenda parlamentar de R$ 4 milhões, aprovada pelo Congresso e sancionada pela presidente Dilma para a construção deste magnífico hospital”, explicou Ninho, afirmando que a UPAE é uma realidade para a região norte.

O descaso com a população e o desperdício do dinheiro público são duas medidas injustas, que estão prejudicando a vida cotidiana dos moradores da Rua Alto da Bela Vista, que têm enfrentado um grave problema na infraestrutura da rua. O fato é que o asfalto cedeu em vários pontos, abrindo pequenas crateras ao longo de toda a extensão da rua. Nem sobem e nem descem carros, a via está interditada.

Os moradores, os mais prejudicados, não podem conduzir seus veículos para as garagens. Há casos de carros impedidos de sair das garagens, porque os buracos impossibilitam a saída. “Isto é um descaso com as pessoas”, protestou um professor, que não quis identificar-se.

Segundo outros moradores, no final do ano passado, a Prefeitura de Abreu e Lima realizou o serviço de asfaltamento de toda a extensão da Rua Bela Vista. Alguns afirmaram que, na ocasião do início da obra, havia dois vazamentos na tubulação da Compesa. “Mesmo assim, sendo avisados, a obra prosseguiu e foi feita às pressas”, protestou a contadora Silvânia, uma das mais prejudicadas com a situação, pois tem uma filha tetraplégica e enfrenta dificuldade para levar a criança ao médico. “Nosso carro não pode estacionar em frente à minha casa. Isto é uma grande humilhação”, declarou Silvânia.

As consequências chegaram. O vazamento da tubulação aumentou, as águas das chuvas contribuíram, também, com o deslizamento da camada de areia sob o asfalto e tudo cedeu. E o pior aconteceu: rua parece mais com cenário de guerra.

Ainda de acordo com Silvânia, um grupo de moradores procurou a Prefeitura Municipal em busca de uma solução urgente, mas, infelizmente, “nada foi feito até agora, a não ser promessa que será feito um novo calçamento”, afirmou ela.

Vale salientar que a referida obra foi executada no final da gestão do ex-prefeito Flávio Gadelha (PMDB). A atual gestão do prefeito Marcos José ficou com a batata quente para resolver e encontrar uma solução rápida para os moradores da Rua do Alto da Bela Vista.

Providências
Segundo informações da Assessoria de Imprensa, a Prefeitura de Abreu e Lima já tem conhecimento do problema e já começou a tomar as devidas providências. A primeira dela foi isolar o local para não passar veículos, que podem utilizar outras vias próximas, para chegar até o Alto da Bela Vista.

Em seguida, a Prefeitura de Abreu e Lima vai dar início aos trabalhos de conserto das canaletas danificadas para depois recuperar o asfalto. A previsão é que seja concluída toda a obra em três meses.

Publicidade
Encontre-nos no Facebook