Get Adobe Flash player

Igarassu

Com o tema “Desafio: Plantar 10.000 mudas de ÁRVORES da Mata Atlântica em 1h”, a Usina São José, em parceria com outras empresas, como a multinacional Alcoa, realizou a segunda edição do Reflorestart – projeto que visa à recuperação de matas ciliares, no dia 29 de maio de 2013 (às 9h), na semana em que se comemorou o Dia da Mata Atlântica. O evento ocorreu às margens do Rio Botafogo, km 7,5 da PE-041, Engenho Piedade, e contou com a presença do diretor-presidente, Frederico Vilaça, do prefeito de Igarassu, Mário Ricardo, e vereadores, secretários municipais da região, além da participação de cerca de 800 voluntários, entre estudantes, colaboradores e ONGs.

A iniciativa teve o desafio de plantar 10 mil mudas de árvores da Mata Atlântica local, dentro do tempo estimado de uma hora, às margens do Rio Botafogo, na altura do km 7,5 da PE-041, no Engenho Piedade. No total, foram envolvidos diretamente com o plantio um número aproximado de 700 voluntários, distribuídos em três áreas próximas às margens do Rio Botafogo que, somadas, correspondem a 6,25 hectares, com dimensões e capacidade de plantio distintos. “Estamos zelando e contribuindo com reflorestamento da Mata Atlântica, como também cuidando do meio ambiente. Esta é um dos objetivos da missão da empresa”, destacou Frederico Vilaça.

Neste ano, eleito pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Ano Internacional da Cooperação pela Água, o Reflorestart, um projeto ingente para a região, que incita a prática voluntária através de mutirão envolvendo os diversos atores já identificados acima, objetivando o reflorestamento de matas ciliares, fez a escolha de recuperação do Rio Botafogo. De grande relevância à Zona da Mata Norte de Pernambuco, uma vez que é a fonte que compõe o conjunto hidrográfico que forma, numa extensão aproximada de 265 km², abrangendo áreas dos municípios de Araçoiaba, Abreu e Lima, Itapissuma e Igarassu, a Bacia Hidrográfica de Botafogo. É nessa bacia que está localizada a Barragem do Botafogo, reservatório responsável pelo abastecimento da parte norte da RMR, que, em abril, encontrava-se apenas com 17,4% de sua capacidade. “ Revitalizar o Rio Botafogo, propondo o aumento de sua vazão, é o resultado esperado com a recuperação das áreas de matas ciliares no curso do seu leito”, explicou Vilaça.

A Usina São José possui o reconhecimento público das diversas práticas e ações que tem desenvolvido, especialmente no âmbito de sua política de responsabilidade socioambiental, com prêmios como o Vasconcelos Sobrinho, 2006, da CPRH, como Destaque Ambiental; e o Prêmio Sustentabilidade Ambiental, edições 2011 e 2012, do Sistema Fiepe, categoria Grande Empresa, pelos seus programas de Tratamento de Resíduos Sólidos e Reúso das Águas na Indústria, respectivamente, a Usina São José é a mentora do Reflorestart, compartilhando a sua realização com outras empresas de igual postura em prol da sustentabilidade.

Publicidade
Encontre-nos no Facebook