Get Adobe Flash player

Itapissuma

O número de vagas para o concurso público da Assembléia Legislativa de Pernambuco (Alepe) foi definido. Serão 100 vagas no total, subdivididas em 40 para agente administrativo; 10 para técnico e 50 para analista. As provas devem ocorrer no primeiro semestre de 2014, mas existe a possibilidade de ser realizada ainda no final de 2013, conforme relatou o presidente da Casa, o deputado Guilherme Uchoa, em audiência nesta quinta-feira (19), na Casa Joaquim Nabuco.

“O concurso deve ocorrer no primeiro trimestre do ano que vem, para que a nomeação ocorra em julho de 2014”, elucidou o parlamentar. Uchôa explicou que, devido às eleições, há a impossibilidade de haver convocação em seleções públicas alguns meses antes do pleito. “Acredito que o projeto deve ser avaliado em caráter de urgência”, especificou.

Os agentes receberão uma remuneração de R$4.780,74. Os técnicos e analistas de nível superior vão ter um salário de R$7.354,99 e R$ 11.315,33, respectivamente. Além desses valores, ainda há gratificações, como auxílio alimentação e saúde. Para completar a série de benefícios de trabalhar para um órgão do poder legislativo, os funcionários efetivos vão receber todos os direitos legais.

Para os cargos de técnicos, há as especializações de eletrônica, contabilidade e informática, com duas, três e cinco vagas, nesta ordem. Entre os analistas, consultoria e jornalismo são as formações que receberão o maior número de oportunidades: 21 e 20 vagas, concomitantemente. Superior em informática terá 5 oportunidades e em contabilidade e engenharia, duas cada uma.

Tramitação – O Projeto de Lei do Concurso será encaminhado para as comissões de Justiça, de Administração e Financeira, para os devidos adendos. Em relação à organizadora do certame, ainda não há uma postura oficial. “Estamos avaliando empresas como a Esaf, a FCC entre outras”, disse Uchoa. Não se sabe qual será o formato da licitação para escolhê-la. O projeto deve ser publicado no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira (20) e mais detalhes sobre o processo seletivo poderá ser observado. O último concurso público realizado pela Alepe ocorreu em 1998.

Fonte: Por Marília Neves, do Blog dos Concursos.

Prefeito-Cal-Volia

Crescimento: Cal Volia disse que vários setores serão beneficiados.

O prefeito de Itapissuma, Cal Volia (PSDB), anunciou investimentos na ordem de mais de cinco milhões de reais em vários setores do município. O anúncio foi feito durante reunião no Clube Veloz, centro, no final do mês de junho. Segundo o prefeito, o montante de dinheiro investido vai viabilizar obras na infraestrutura, saúde, educação e social. “As obras deverão ser entregues até o final do ano. As obras concluídas vão melhorar a qualidade de vida da população”, comentou Cal Volia, ressaltando a construção da Escola Educação Infantil, no Distrito de Botafogo, orçada no valor de R$ 860.056,03. “Esta escola será referência no município e vai atender às necessidades da comunidade”, assegurou. Confira abaixo os outros investimentos: construção de um ginásio coberto também em Botafogo, no valor de R$ 497.898,08; construção de um ginásio coberto na área na comunidade de São Pedro (Escola São Bento), no valor de R$ 175.879,91; construção de Unidade Básica de Saúde no Loteamento Cidade Criança, no valor de R$ 234.662,25; reforma da Unidade Básica de Saúde no bairro de Mangabeira, 57.399,70; reforma da Unidade Básica da Saúde do Engenho Ubu; construção da base descentralizada do SAMU Metropolitano; no valor de R$ 70.616,82; requalificação do Polo Gastronômico, no valor de R$ 1.545.719,93; asfaltamento das principais ruas de Itapissuma: Av. Agostinho Machado: R$ 261.140,32; Av. David Guerra: R$170.282,84; Rua Manoel Liga: R$ 39.361,77; Rua Manoel Borba: 199.068,68; Rua Amaury Henrique: R$ 21.833,69; calçamentos nos loteamentos Verdejantes (Mangabeira) e Cidade Criança – Rua Yolanda Ribeiro Chaves: R$ 179.120,70; Rua Caruaru: 102.972,09; reposição de calçamento e recuperação de galerias no município, no valor total de R$ 144.080,32; aquisição de máquina retroescavadeira, no valor de R$ 250.000,00; estrutura e qualificação da rede de serviço de proteção social básica, no valor de R$ 45.455,00, para a instalação do CRAS no Espaço do Centro de Treinamento, implantação do Espaço de Convivência das Famílias, aquisição de mobiliários e equipamentos, como computadores, entre outros.

Momento: Prefeito Cal disse que a situação é favorável.

Momento: Prefeito Cal disse que a situação é favorável.

Uma boa notícia para os servidores municipais de Itapissuma. A partir de setembro, os salários serão reajustados na folha de pagamento, atingindo todas as categorias. O menor salário (R$ 700,00) será maior que atual salário mínimo. O anúncio do aumento foi feito no Clube Veloz, no dia 20 de julho, na presença dos servidores.

Segundo o prefeito Cal Volia, sua administração tem valorizado o servidor municipal, pagando, rigorosamente, os seus salários em dia, que é, de acordo com ele, uma forma de eles planejarem suas despesas. “A partir de setembro, concederemos aumento real a todos servidores da Prefeitura Municipal. É um paradoxo em tempo de crise econômica um gestor público conceder aumento, mas estamos investindo nos salários, para aumentar o poder de compra de nossos servidores”, explicou o prefeito, ressaltando que os guardas municipais vão passar a ganhar R$ 1.000,00, e os agentes de combate a endemias terão um salário de R$ 771,75. Confira a baixo as categorias que foram contempladas com o reajuste: Conselho Tutelar, (G0-I) gari, cozinheira, coveiro; (GO-II) armador, arquivista, auxiliar administrativo, calceteiro, carpinteiro; contínuo, eletricista, encanador, letrista, mecânico, pedreiro, pintor, soldador; (GOIII) agente administrativo, agente de combate a endemias, instrutor de artes, agente fiscal de tributo, auxiliar de enfermagem, motorista; (GO-IV) técnico em contabilidade, técnico em edificações, técnico em enfermagem.

Encontro: Vereadores Edinho, Lukinha e Yves Ribeiro.

Encontro: Vereadores Edinho, Lukinha e Yves Ribeiro.

Considerado um dos vereadores mais atuantes de Itapissuma, Lukinha (PSD) tem se destacado pelo o bom trabalho realizado no Legislativo Municipal. Sempre preocupado com todas as áreas da cidade e que funcionem bem, ele tem feito sugestões, indicações ao prefeito Cal Volia (PSDB), do qual tem sido um importante aliado político, objetivando um crescimento mais justo e equilibrado para todos no município.

O vereador fez, recentemente, referência a uma decisão tomada pelo prefeito Cal Volia, que foi diminuir os salários dos secretários, do vice-prefeito e o dele mesmo. “Em contrapartida, ele aumentou os salários de todos os funcionários efetivos. Decisões como essas devem ser tomadas como exemplo por outros prefeitos” afirmou.

Lukinha disse que tem se empenhado e feito o possível para melhorar setores como educação, saúde, criação de emprego e segurança pública, sendo essa última no momento de muita importância. Em recente reunião com o secretário Executivo da Casa Civil, Yves Ribeiro, que é seu amigo, e o vereador de Igarassu, Edinho Martins (PMN), Lukinha pleiteou um projeto de monitoramento com câmeras para Itapissuma. “Sabemos a importância do monitoramento por filmagem, diminuindo a violência, cidades que implantaram o sistema tiveram um resultado muito positivo” comentou o vereador, acrescentando que solicitou, ainda, do secretário Yves Ribeiro, que ele faça a intermediação junto ao INCRA, para que o órgão dê o direito definitivo dos títulos de posse das terras aos assentados do Engenho Ubu. “Os assentados esperam a posse há décadas, e é muito importante que isso se torne real para eles”, finalizou.

No último dia 20 de julho, foi realizada, no Clube do Veloz, a prestação de contas do prefeito Cal Volia (PSDB). No evento, o ele anunciou as melhorias conquistadas e outros investimentos que serão executados a partir do segundo semestre, ações que serão destinadas à educação, à saúde e à mobilidade urbana. Os valores chegam a cinco milhões de reais.

O prefeito falou da crise financeira que os municípios vêm passando, porém mostrou que, quando o gestor tem comprometimento, podese trabalhar em benefícios do município apesar das dificuldades. Cal Volia criticou a má administração dos recursos da União, e que deveria existir uma distribuição financeira melhor. “Desse modo, o município desempenharia o seu papel com mais eficácia”, comentou, criticando a falta de atenção da presidente Dilma aos municípios. Mas defendeu, entretanto, o ponto de vista do governando Eduardo Campos sobre a construção de um novo Pacto Federativo, que visa uma melhor distribuição da renda no país, admitindo que, diante das grandes dificuldades, a administração de Itapissuma vem sendo sempre coerente, olhando para todos os setores que beneficia a toda população.

INFRAESTRUTURA
O prefeito anunciou também a entrega, até o final de outubro, da Escola Infantil, no Bairro de Botafogo, que será uma escola modelo, que acabará com déficit educacional no Distrito de Botafogo, onde foram investidos 860 mil reais, a obra já está com 80% concluída. “Entregaremos também dois ginásios poliesportivos, um na Escola Dilma em Botafogo, e outra, na Escola João Bento em Itapissuma. Os ginásios serão entregues cobertos, equipados com vestiários, banheiros, aptos para as praticas de futsal, vôlei, basquete, com previsão de entrega para novembro, com o orçamento de 430 mil reais”, comemorou Cal Volia, acrescentando que está prevista para outubro a entrega do PSF do Loteamento Cidade Criança, orçado em 234 mil reais; será iniciada também a base da Unidade Descentralizada do SAMU, em Itapissuma, no Distrito de Botafogo, com a capacidade de alta complexidade, orçado em R$ 1.545.000,00, com a previsão de entrega para o mês de setembro. “As principais ruas de acesso à Itapissuma serão todas asfaltadas, inicializando assim uma maior mobilidade ao município”, assegurou o prefeito.

(Foto: JC Imagem)

(Foto: JC Imagem)

Desta vez, não deu deserta. Após o governo estadual jogar duro no relançamento da concorrência pública do serviço que transporta 2 milhões de pessoas por dia e movimenta R$ 60 milhões por mês, a licitação das linhas de ônibus do Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife (STPP) terminou no final da manhã desta terça-feira (30) com resultados concretos.

O consórcio Conorte, formado pelas empresas Itamaracá, Cidade Alta e Rodotur, ganhou o processo licitatório do lote 1, que se refere ao corredor Norte-Sul. Já o lote 2, referente ao Leste-Oeste, foi vencido pelo consórcio Rodoviária Metropolitana, que apresentou o menor preço. São as mesmas empresas que já operavam os trechos.

O Grande Recife Consórcio Metropolitano de Transporte terá 15 dias para análise e julgamento das propostas apresentadas. O edital sofreu alterações após o fracasso da primeira licitação, quando nenhuma empresa apareceu. O Estado alterou três importantes pontos para evitar que a licitação desse novamente deserta (quando nenhum candidato se habilita para a disputa). O primeiro deles, e o mais emblemático pelo aspecto político, foi a divisão da concorrência pública em duas etapas.

Fonte: JC Online.

Publicidade
Encontre-nos no Facebook