Get Adobe Flash player

Pernambuco

Expressão: Ninho é uma das vozes da moralidade no Congresso.

Expressão: Ninho é uma das vozes da moralidade no Congresso.

O deputado federal Severino de Souza Ninho (PSB) tem se destacado no Congresso Nacional, por defender a moralidade no serviço público, além de seu reconhecimento em outras matérias legislativas. Ele é um dos parlamentares que luta  para moralizar o processo político brasileiro.

O deputado socialista apoia a aprovação da PEC 394, que além de impedir a candidatura de suplente de senador na mesma chapa do titular, impede também para todos demais cargos do Poder Executivo, em todos os níveis.

“Como se sabe, é comum candidatos ao Senado incluírem na chapa seus parentes como suplentes. O mesmo ocorre em chapas para prefeitos, quando os vices, são parentes do titular. Há hoje tramitando no Congresso, uma PEC que acaba com essa prática nos casos de senadores”, explicou Ninho, ressaltando, entretanto, que sua PEC é mais ampla, acabando com essa imoralidade também para as eleições no Poder Executivo e em todos os níveis (prefeito, governador e presidente).

da92a072320457612e0e8362a7e6bfb6Diante de empresários nacionais de peso como Luiza Helena Trajano, Jorge Gerdau e Abílio Diniz, presidente do Conselho de Administração da BRF, o presidenciável Eduardo Campos, do PSB, aproveitou o segundo dia do 13º FÓRUM DE COMANDATUBA, Promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais, para defender e até estimar a queda da carga tributária em um eventual governo sob sua gestão.

No evento, Eduardo Campos assumiu o compromisso de não elevar mais ainda a carga tributária.

O socialista disse que precisa reduzir de 38% para 325 a carga tributária em um possível governo seu.

No discurso, o presidente do PSB disse que falta vontade política e que ele tem essa vontade política para avançar nesta questão.

“De projetos de reforma tributária o planalto está cheio. Assumo o compromisso de que a carga tributária não vai subir e que ela vai entrar em uma rampa descendente para chegar a 32%. Também devemos ter a consciência de que vamos fazer essa reforma de maneira fatiada e em oito anos entregar ao Brasil um sistema tributário eficiente”, defendeu Campos quando perguntado se faria a reforma tributária no primeiro ano de mandato.

Já Aécio dividiu a questão tributária em dois momentos: a simplificação do sistema nos primeiros meses e, depois, cuidar dos gastos do governo para conduzir uma reforma completa.

O fórum acontece de 1º a 4 de maio, no Hotel Transamérica, na Ilha de Comandatuba (BA). Realizado anualmente, o evento tem como objetivo tratar de política econômica, gestão empresarial e responsabilidade social que impactam no cenário nacional. O tema deste ano é Uma agenda para o desenvolvimento do Brasil.

Em 2014, os 320 empresários presentes, além de autoridades políticas, discutem uma agenda para o desenvolvimento do Brasil.

Em sua apresentação, Eduardo Campos disse que “é necessário corrigir os desequilíbrios e construir um arcabouço confiável, que nos remeta a um salto econômico político e social na vida brasileira”.

Segundo ele, o Brasil precisa entender como aproveitar a crise mundial para promover um novo ciclo de crescimento e expansão.

O pré-candidato lembrou seu compromisso com o tripé macroeconômico e com a contenção inflacionária, que não pode ser o dobro do Chile ou da Colômbia; assim como o apoio à autonomia do Banco Central e o trabalho para mudar a governança das agências reguladoras e de tornar cada vez mais transparentes as contas públicas.

“Eu e Marina queremos ser esses novos representantes da sociedade, que possam ouvir e representar seus interesses”, completou Campos.

Segundo ele, a sociedade está mais exigente com todos os serviços públicos – saúde, educação, transporte – mas também com a representatividade, o que exige capacidade de diálogo com a população.

Durante o debate, que foi transmitido ao vivo, Eduardo Campos defendeu a necessidade do estado brasileiro fazer sua parte, que é dar infraestrutura para o agronegócio se desenvolver adequadamente., enquanto Aécio Neves acredita que é importante construir uma garantia de preços, sempre com compromisso de preservação ambiental.

Sobre a saúde, o pré-candidato do PSB disse que sonha com um Sistema Único de Saúde que possa cobrir desde um atendimento simples a um transplante e também com um planejamento para cuidar da média complexidade e da prevenção.

Campos destacou a criação do maior sistema de educação em tempo integral, sete anos ininterruptos de queda na violência e a promoção do desenvolvimento econômico do estado.

“Os dois jovens políticos pré-candidatos à presidência da República aqui presentes têm avós que fizeram uma brilhante carreira política: Miguel Arraes e Tancredo Neves”, lembrou João Doria Jr., presidente do LIDE.

Fonte: Por Jamildo, do Blog de Jamildo.

Os pré-candidatos à Presidência da República Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) apresentaram posições diferentes sobre propostas de redução da maioridade penal, em discursos diante de empresários na Bahia, nesta sexta-feira (2). Aécio defendeu enfaticamente um projeto elaborado por seu partido que reduz a idade mínima em que um juiz pode decretar a prisão de uma pessoa, a depender da gravidade do crime e de características. Por outro lado, Campos afirmou que busca outras soluções para remediar falhas na segurança pública. As informações são da Folha de S. Paulo.

Aécio definiu a proposta como “polêmica”. Entretanto, ele disse que apoiará a proposta de redução da maioridade penal em casos especiais, caso seja eleito presidente.

O tucano declarou que se trata de um “processo complexo, uma discussão que não é simples”. “Mas precisamos enfrentar essa questão para não ficarmos apenas a contemplar o aumento absurdo da criminalidade”, completou.

Aécio ainda lembrou aos empresários que apresentou no Congresso um projeto de lei que triplica a pena de criminosos que usam menores em seus bandos para evitar a punição da lei. “Virou quase uma indústria: o menor de idade, que não será punido, sempre assume o crime mais grave”.

O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), em discurso sobre a complexidade do desenvolvimento de políticas públicas, afirmou que a redução da idade penal não é a principal solução para combater a criminalidade. “É muito complexo fazer um ensino de qualidade. Não é singelo fazer. É muito complexo fazer uma saúde de qualidade e fazer a segurança pública funcionar. É muito mais complexo do que reduzir a idade penal”, disse o socialista.

Fonte: Por Branca Alves, do Blog da Folha.

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu nesta sexta-feira (2) novo aviso meteorológico, informando que nas próximas 24h haverá a ocorrência de chuvas fracas, porém contínuas, que podem atingir acumulados significativos e causar transtornos, principalmente para os moradores da Região Metropolitana do Recife (RMR) e da Zona da Mata Sul.

29e4519cbdbe0aa4b22c13fbfbb72241.jpg

Chuvas contínuas são provocadas devido a uma Zona de Convergência de Umidade. (Foto: Apac/Reprodução)

“Áreas de instabilidades devido a uma Zona de Convergência de Umidade continuarão causando o aumento de nuvens convectivas, que favorecem a ocorrência de chuvas”, diz o documento.

Até as 17h desta sexta, a Secretaria Executiva de Defesa Civil do Recife (Sedec) realizou 299 vistorias técnicas em áreas de risco. Foram recebidos 41 chamados da população por meio da Central de Atendimento, e registrados cerca de 30 mm de acumulados na cidade ao longo do dia.

Foram postos 20,6 mil metros quadrados de lonas plásticas em 97 pontos de risco, como Água Fria e Dois Unidos, na Zona Norte do Recife, Ibura, na Zona Sul, entre outras. Além disso, cinco barreiras de pequeno porte deslizaram nos bairros de Brejo da Guabiraba, Nova Descoberta e Casa Amarela, na Zona Norte. Ninguém se feriu.

As equipes da Sedec estarão de prontidão durante a noite desta sexta e no sábado (3), com os seis escritórios regionais abertos para atender aos chamados da população. A Defesa Civil poderá ser acionada pelo número 0800 081 3400.

Fonte: Do NE 10.

Em virtude da implantação das placas de concreto para a construção da estação do Corredor Exclusivo de Ônibus Norte/ Sul, próxima à avenida Nossa Senhora do Carmo, 15 linhas de ônibus que circulam pela avenida Dantas Barreto terão seu ponto de parada alterado a partir desta quarta-feira (30). Duas paradas serão desativadas, uma em frente ao Banco Safra e a outra em frente à farmácia Big Ben.

As linhas que utilizam esses pontos de parada e seguem pela avenida Dantas Barreto e avenida Sul, deverão parar na parada anterior, que fica na própria avenida Dantas Barreto, em frente ao banco Santander, enquanto os que dobram à esquerda na avenida Nossa Senhora do Carmo devem parar na primeira parada desta avenida, que fica em frente a Central de Cursos Brasileiros (Cebrac) nº 99. O Grande Recife Consórcio de Transportes disponibiliza aos usuários a Central de Atendimento ao Cliente para eventuais dúvidas, através do telefone 0800 081 0158.

Confira as linhas que serão afetadas, e suas respectivas novas paradas -

Linhas que atendiam a parada em frente ao banco Safra e que vão passar a atender a parada em frente ao Cebrac:
511-Alto do Mandu
516-Casa Amarela (Nova Torre)
631-Nova Descoberta (Cabugá)
644-Largo do Maracanã
726-Alto Santa Terezinha (Cond. da Boa Vista)
741- Dois Unidos
994-Conjunto Beira Mar

Linhas que atendem a parada em frente a farmácia Big Ben e que passará a atender também a parada em frente ao Cebrac:
167 – TI Tancredo Neves (IMIP)
721 – Água Fria

Linhas que atendem a parada em frente a farmácia Big Ben e que vão começar a utilizar a parada que fica ainda na avenida Dantas Barreto, em frente ao banco Santander:
122-Vila do IPSEP
193-TI Tancredo Neves (Príncipe)
212-Jardim São Paulo
242-Pacheco
243-Vila Dois Carneiros
412-San Martin (Largo da Paz)

Fonte: Por Stella Soares, do Folha PE, com informações da assessoria.

Os consumidores residenciais pernambucanos vão ter um aumento de  17,51% na conta de energia a partir do próximo dia 29. O que mais contribuiu para puxar o reajuste para cima foi a energia produzida pelas térmicas, que é mais cara do que a gerada pelas hidrelétricas.Os grandes consumidores, como as indústrias de grande porte terão um reajuste de 17,86%.

O reajuste médio ficou em 15,99. Os próprios diretores da Aneel disseram que o aumento é “preocupante”. Ele significa quase três vezes a inflação registrada nos últimos 12 meses. No entanto, o diretor da Aneel alegou que o atual reajuste é o resultado do baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas e o uso da energia das térmicas.

Segundo o relator do processo, André Pepitone, os pernambucanos estão pagando o mesmo custo que pagavam pelo megawatt-hora em 2009, cerca de R$ 350.

O que mais fez o preço da energia subir foi a pouca chuva do Sudeste do País, região responsável por 70% dos reservatórios das principais hidrelétricas do País.

Fonte: Do JC Online.

Mais uma seleção simplificada está aberta em Pernambuco. Dessa vez, a Prefeitura de Olinda, Região Metropolitana do Recife (RMR), abriu processo seletivo com 275 vagas imediatas, além de cadastro de reserva. As oportunidades são para profissionais de níveis fundamental, médio, médio/técnico e superior, cujos salários variam entre R$ 724 e R$ 3mil. Os profissionais vão atuar em várias Secretarias da instituição. Para conferir o edital completo, acesse www.olinda.pe.gov.br.

Os prazos para realização do cadastro dos interessados ocorrem no mês de maio, porém as datas para início e término da inscrições são distintas. A Secretaria de Saúde inscreve entre os dias 05 e 06; de Obras, entre 07 e 08 ; de Desenvolvimento Social, entre 09 de 12; de Educação, entre 13 e 14. As Secretarias de Planejamento e Controle Urbano, de Serviços públicos, de Assuntos Jurídicos e de Trânsito e Transportes inscrevem entre 15 e 16 do mesmo mês.

A seleção pública será realizada em etapa única, de caráter classificatório, a partir de uma avaliação curricular. Os candidatos escolhidos serão contratados para trabalhar durante um período de 12 meses, prorrogável pelo mesmo período.  As taxas de participação são de R$10 e R$15, a depender da vaga pleiteada.

O formulário de inscrição deve ser impresso e preenchido e, juntamente com o comprovante de pagamento da inscrição, deverá ser entregue à Comissão de Organização de Processos Seletivos Simplificados, na Secretaria da Fazenda e da Administração, localizada na avenida Santos Dumont, número 177, Varadouro, Olinda-PE. O horário de recebimento da inscrição vau das 14h30 às 16h30.

Cargos

Para as funções de nível superior, há vagas engenheiro, advogado, nutricionista, arquiteto, assistente social, pedagogo, psicólogo, sociólogo, entre outros. Para médio e técnico, há oportunidades para arquivista, fiscal de operação, telefonista, recepcionista e técnicos administrativo, em edificações, em informática, entre outros. Quem concluiu o Ensino Fundamental pode concorrer aos cargos de vigia e auxiliares de ação educativa, de operação da Defesa Civil, de Serviços Gerais, agente de apreensão e agente auxiliar de Trânsito.

Serviço

Seleção Pública Simplificada para contratações temporárias
Informações: cospsolinda@gmail.com
Edital e inscrições: www.olinda.pe.gov.br/selecao012014

Fonte: Por Marília Neves, do Blog dos Concursos; com informações da assessoria.

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) divulgou nesta segunda-feira (28) um aviso meteorológico. De acordo com o órgão, deve chover bastante da noite desta segunda para a manhã de terça-feira (29), principalmente no litoral, Zona da Mata e Agreste do estado.

 / Foto: Reprodução/APAC

(Foto: Reprodução/APAC)

A Apac informa que as pancadas de chuva devem ter intensidade de moderada a forte. A instabilidade ocorre por conta de uma Zona de Convergência de Umidade, que causa o aumento de nuvens convectivas. Deve ventar e trovejar bastante.

As regiões mais atingidas serão a Mata Sul, a Região Metropolitana do Recife, a Mata Norte, Agreste Meridional e Agreste Central.

A Secretaria-executiva de Defesa Civil (Sedec) do Recife já está enviando mensagens SMS para a população de áreas de risco e os contatos com a Emlurb, URB e outros parceiros. O telefone do órão é 0800-081-3400. Em Olinda, o órgão municipal está monitorando a situação e disponibiliza o telefone 0800-281-2112 para que a população entre em contato.

O superintendente da Defesa Civil de Jaboatão dos Guararapes, coronel William Carvalho, disse que as equipes estão de prontidão. “A gente já fica aguardando alguma coisa. Temos equipes nas sete regionais. De manhã, já fizemos monitoramentos por conta da chuva, mas sem ocorrências anormais”, explicou. Em jaboatão, o telefone da Defesa Civil é o 0800-821-2099.

Fonte: Do JC Online.

Um dia depois de o senador Armando Monteiro (PTB) denunciar a existência de uma “bolsa eleição” do PSB para atrair o apoio eleitoral de prefeitos do PTB, inclusive com a promessa de obras em reuniões que teriam ocorrido no Palácio do Campo das Princesas, sede do executivo estadual, o candidato do PSB, o ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara, negou que tenha oferecido qualquer benefício aos gestores municipais em troca do apoio na eleição.

Foto: BlogImagem

(Foto: BlogImagem)

“Isso não existe. O que existe é um amplo processo de participação do Governo do Estado junto aos municípios”, afirmou. “Os apoios que nós estamos recebendo são em virtude do trabalho que nós fizemos nos sete anos e três meses e na perspectiva de que vamos fazer mais pra ajudar os municípios do nosso Estado”, disse.

Paulo Câmara também negou que tenha participado de reuniões dentro do Palácio com os dois prefeitos do PTB que anunciaram apoio a sua candidatura: o de Gravatá, Bruno Martiniano, e a de Arcoverde, Madalena Britto. “Foram conversas políticas sobre a melhoria do município, sobre o que a gente pode fazer para avançar o município”, disse sobre Bruno.

Com a prefeita, Paulo vai encontrar neste domingo (27). A presença do ex-governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB) era esperada nesta que é a sua primeira visita ao Estado depois de se lançar como candidato à Presidência da República. Ele, porém, avisou que não iria no final da manhã.

Depois de ter passado por três secretarias na gestão Eduardo, Câmara também defendeu o Governo do Estado das acusações de uso eleitoral da máquina pública. “O Governo do Estado é composto por pessoas sérias”, disse. “Eu trabalhei sete anos e três meses neste governo. Eu sei como este governo funciona. A seriedade das pessoas”, insistiu.

FBC – Menos contido do que o candidato ao governo, o ex-ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho (PSB), que disputará o Senado, partiu para o ataque contra Armando, depois de ser questionado pela imprensa sobre as declarações do senador.

“Não está proibido conversar no Palácio. Não está proibido tratar dos interesses de Pernambuco, do interesse dos municípios”, disse. “Eu confesso que não entendi as declarações. Ou é desespero ou é uma agressão gratuita”, completou.

Fonte: Por Paulo Veras, do Blog de Jamildo.

ALV_6018O pré-candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, aproveitou uma entrevista a uma rádio em Cascavel, no Paraná, para exercitar o seu esporte preferido, nos últimos tempos. Bater em dona Dilma.

Sem citar nomes, nesta quarta-feira (23), o ex-governador prometeu que a turma de Dilma iria “descer a rampa” do Planalto caso ele vença as eleições de outubro.

Não fica claro se estava referindo-se ao escândalo da Petrobras ou ao mensalão.

No Carnaval passado, em visita á cidade de Pesqueira, Eduardo Campos já havia dito que Dilma estava de aviso prévio.

Não é a primeira vez que Eduardo Campos associa o termo nova política e aposentadoria de velhas raposas, numa referência a figuras como José Sarney e Renan Calheiros. No plano local, ele sempre é reclamado por ter em seu palanque figurões como Inocêncio Oliveira e Severino Cavlcanti.

“A gente tem que partir já avisando: quando nós chegarmos lá, vocês saem, viu? Nós vamos subir a rampa no dia 1º de janeiro, e eles descem”, declarou.

“É preciso que apareça coisa nova, como eu e a Marina [SILVA]estamos aparecendo, que diga: ‘nós não vamos governar com aquela turma. Vamos botar aquela turma na oposição’.”

“Eles cercaram o Fernando Henrique e foram para o governo, começaram a mandar cada dia mais. Chegou o Lula, eles demoraram mais um pouco, mas foram pra perto, daqui a pouco estavam dentro. Chegou a Dilma, a gente imaginou que ela ia botar um bocado deles para fora, porque era durona, não era da política, e pelo contrário: agora que eles estão mandando mesmo”, declarou.

Fonte: Por Jamildo, do Blog de Jamildo.

Pesquisar
Publicidade





Encontre-nos no Facebook