Get Adobe Flash player

Tecnologia

Vinicius Lages, ministro do Turismo / Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem

Vinicius Lages, ministro do Turismo. (Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem)

O ministro do Turismo, Vinicius Lages, no Recife desde a última sexta-feira (19), aproveitou o domingo para visitar pontos turísticos da cidade e pedalar do Parque da Jaqueira, na Zona Norte, até o Marco Zero, no Bairro do Recife, na Ciclofaixa de Turismo e Lazer. Na ocasião, Lages anunciou um investimento de R$ 2 milhões no projeto Cidades Inteligentes, que pretende utilizar a tecnologia para tornar o Recife uma cidade mais atraente e funcional para cidadãos e turistas.

Continue lendo

Meta é cada vez menos pessoas tenham que se dirigir ao órgão  / Guga Matos/JC Imagem

Meta é cada vez menos pessoas tenham que se dirigir ao órgão. (Foto: Guga Matos/JC Imagem)

A partir desta segunda-feira (22), o processo de abrir uma empresa vai ficar mais simples. A garantia é da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe), que digitalizou parte dos procedimentos necessários a quem quer ter um CNPJ. Segundo o órgão, as melhorias vão permitir que cerca de 10 mil pessoas não precisem mais ir à Jucepe para resolver pendências.

Continue lendo

Para qualidade do acesso à internet, a mudança será mais acentuada / Marcos Santos/USP Imagens

Para qualidade do acesso à internet, a mudança será mais acentuada. (Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) vai anunciar até o final do ano novas metas para as empresas de telefonia celular, numa tentativa de pressioná-las a melhorar a qualidade dos serviços de voz e internet.

As novas exigências substituirão regras impostas por meio de uma medida cautelar, aplicada em 2012, depois de a agência ter suspendido por 11 dias as vendas de três das maiores empresas em atuação no país -Claro, TIM e Oi. A medida cautelar venceu em julho deste ano.

A exigência então era para as empresas aumentarem seus investimentos, garantirem ao usuário sucesso em 95% de suas ligações e oferecerem uma velocidade de navegação igual ou superior a 95% do pacote contratado.

Para monitorar esses compromissos, a Anatel passou a acompanhar índices gerais de desempenho nos 27 Estados (27 capitais e outros 81 municípios). Agora, a agência vai ampliar o alcance da fiscalização para pressionar todos os municípios a atingirem metas específicas.

“No processo avaliamos que esse modelo poderia ser injusto para municípios muito pequenos, cujos indicadores ruins acabam engolidos pelo bom desempenho da capital”, disse à reportagem o superintendente de Controle de Obrigações da agência, Roberto Pinto Martins.

Para qualidade do acesso à internet, a mudança será mais acentuada. A agência passará a considerar cada tipo de conexão de forma isolada. Ou seja: medirá a qualidade do 2G, 3G e 4G, e não mais da internet móvel de forma global como é hoje.

As novas obrigações das teles serão apresentadas com o relatório final sobre o desempenho das operadoras nos últimos dois anos. Segundo Martins, resultados preliminares indicam melhora, mas nenhuma empresa atingiu todos os objetivos.

A Anatel não pretende mais suspender as vendas das empresas. As companhias poderão ser penalizadas, mas provavelmente com multas. “Não há motivo para usar o mesmo remédio se houve progresso nos resultados”, diz o superintendente.

Fonte: Do Folhapress.

Aparelho é baseado quase inteiramente na nuvem. (Divulgação).

Aparelho é baseado quase inteiramente na nuvem. (Foto: Reprodução)

A Dell lança o primeiro Chromebox no mercado brasileiro. O equipamento tem o sistema operacional Chrome OS, uma alternativa para usuários que desejam trabalhar com aplicações e informações baseadas na nuvem.

O Chromebox é um mini desktop com tamanho bem compato (12,4 cm x 12,4 cm x 4,2 cm) e preço a partir de R$999. O aparelho vem com a 4ª geração de processadores Intel, até 4GB de memória e 16GB de armazenamento em disco SSD. O equipamento tem múltiplas portas (1 HDMI, 1 DisplayPort, 4 USB 3.0, 1 para cartão SD e 1 rede Gigabit) e acessa a internet por meio de Wi-Fi e Bluetooth 4.0.

Outro destaque é o fato de o modelo apresentar o consumo energético mais eficiente da sua categoria, com apenas 65W, o que representa uma eficiência 75% maior do que a de um computador tradicional Small Form Factor. Disponível em dois modelos, com Intel Core i3 ou Intel Celeron, o Dell Chromebox apresenta uma série de acessórios opcionais, entre eles, cabo HDMI para VGA, mouse e teclado, Kensington Lock (trava de segurança) e suporte VESA para encaixar o equipamento atrás do monitor.

O Dell Chromebox está sendo vendido no site da Dell por R$ 999.

Fonte: Por Paulo Floro, do Mundo Bit.

 / A prefeitura do Recife – através da Empresa Municipal de Informática (Emprel) e da secretaria de Turismo e Lazer – lançou oficialmente o projeto Conecta Recife, que leva internet gratuita a diversos pontos da cidade, em hotspots wifi. Para acessar, o usuário precisa cadastrar-se no site oficial do programa.

São 74 pontos espalhados por todas as regiões da cidade, com uma maior concentração no Centro (que inclui também o Bairro do Recife e Santo Amaro) e na Zona Sul, especialmente ao longo da Avenida Boa Viagem.  Cada hotspot tem a capacidade de conectar 100 usuários ao mesmo tempo, com o tempo limite de uma hora para cada acesso. Ao final do tempo determinado, o internauta pode reconectar-se, desde que o ponto wifi não esteja 100% ocupado. A velocidade de cada conexão é de 640 kbps.

O investimento total de implantação e custeio do projeto é de R$ 10,6 milhões.

Veja a lista de hotspots wifi:

REGIÃO NORTE
Casa Amarela
Praça do Morro da Conceição
Praça do Trabalho
Sítio da Trindade (2 zonas WIFI)
Mercado de Casa Amarela
Derby
Praça do Derby (2 zonas WIFI)
Jaqueira
Parque da Jaqueira (5 zonas WIFI)
Santana
Parque Santana (3 zonas WIFI)

REGIÃO OESTE
Cordeiro
Mercado do Cordeiro
Madalena
Mercado da Madalena (2 zonas WIFI)
Torrões
Praça da Avenida do Forte

REGIÃO CENTRO
Santo Antônio
Praça da República
Casa da Cultura (3 zonas WIFI)
Santo Amaro
Parque 13 de Maio (4 zonas WIFI)
Rua da Aurora
Recife
Praça do Arsenal
Rua da Guia
Rua do Bom Jesus
Avenida Rio Branco
Avenida Marquês de Olinda
Forte do Brum
Rua da Moeda
Avenida Alfredo Lisboa
Rua Madre de Deus
Praça Marco Zero (4 zonas WIFI)
Forte das Cinco Pontas
Boa Vista
Mercado da Boa Vista
São José
Mercado de São José (2 zonas WIFI)

REGIÃO SUDOESTE
Afogados
Mercado de Afogados
Jardim São Paulo
Praça de Jardim São Paulo
San Martín
Praça de San Martín

REGIÃO SUL
Imbiribeira
Lagoa do Araçá (2 zonas WIFI)
Pina
Pina, em frente ao JCPM e em frente ao Hotel Transamérica
Boa Viagem
Avenida Boa Viagem, em frente ao Hotel Atlante Plaza, nos 1º, 2º e 3º jardins
Nos quiosques: 3, 16, 18, 20, 22, 24, 26, 28, 30, 32, 33, 34, 38, 45 e 51
Pracinha de Boa Viagem (2 zonas WIFI)
Parque Dona Lindu  (3 zonas WIFI)

Fonte: Do JC Online.

As 24 horas que mais aquecem o comércio online estão chegando: o Black Friday Brasil terá início na próxima sexta-feira, dia 28 de novembro. Segundo estudos realizados pela ClearSale – empresa que cuida da segurança dos sites do e-commerce – em 2013, o evento movimentou R$ 424 milhões, 95% de aumento em relação ao ano anterior, que apurou R$ 217 milhões. Junto com esses números, os riscos de fraudes e golpes ao consumidor também aumentam. Como forma de proteger o comprador, especialistas aconselham: a dica é pesquisar e pesquisar, seja para conseguir uma oferta vantajosa seja para não cair em um golpe virtual.

Antes de comprar, é importante verificar a confiabilidade do site, checando se há reclamações sobre a loja no portal do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). “Além disso, o Procon de São Paulo dispõe de uma lista online de sites que devem ser evitados,” recomenda o coordenador geral do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Pernambuco, José Rangel. Ele ressalta, ainda, que o consumidor precisa ficar atento a preços muito baixos. “Desconfie de preços fora do normal, muito diferentes do que é pedido normalmente pelo produto. Por exemplo: uma TV de 49 polegadas que custa, originalmente, R$ 1 mil, e está sendo oferecida por R$ 700 está muito barata. É estranho se não for de uma loja muito conhecida” explica.

Outra medida que facilitará a vida de quem deseja comprar durante o período das promoções, com tranquilidade, é procurar verificar se a loja possui o selo eletrônico “Black Friday Legal”. Ele é a identificação que confirma o comprometimento da loja em praticar ofertas reais e a não maquiar preços. Criado desde o ano passado, esse programa foi desenvolvido pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, em parceria com o Busca Descontos.

Todas as lojas que apresentam o selo passaram por análise realizada pela Câmara e assinaram o Código de Ética, sendo considerados como lojas que seguem as boas práticas do comércio eletrônico. Segundo a Câmara, mais de 500 empresas receberão o selo Black Friday Legal. Aqueles que não seguirem as regras poderão ser expulsos do evento. O site oficial do Black Friday Brasil também apresentará uma lista de varejistas que estão cadastrados de acordo com o regulamento.

REPUTAÇÃO
De acordo com Pedro Eugênio, fundador do Busca de Descontos, site de ofertas que trouxe pela primeira vez a data para o Brasil, o consumidor deve sempre realizar compras em lojas conhecidas e bem avaliadas por outros clientes. “O comprador deve procurar checar a reputação da loja para se precaver. Ele deve, também,.pesquisar as ofertas e preços dos produtos que tem interesse antes e no dia do Black Friday” sugere. Além disso, devem, ainda, ficar atentos ao prazo de entrega, que pode ser um pouco maior devido ao volume de vendas”, explica Pedro Eugêncio.

MAIORES CUIDADOS
Um ponto importante para evitar o roubo de dados de cartão de créditos e informações pessoais, o comprador precisa estar atento a um pequeno cadeado durante os trâmites de pagamento, geralmente localizado na barra de digitação do navegador. De acordo com o diretor de Serviços e Consultoria da VTEX, empresa que trabalha com plataforma e-commerce, Rafael Forte, ele é o certificado de segurança virtual. “Aquele cadeadozinho é a certeza de que seus dados estão seguros. As informações são criptografadas, ou seja, embaralhadas para que se torne mais difícil de serem decifradas” explica.

Apesar disso, de acordo com o diretor, é possível que alguns prestadores de serviços de má fé se utilizem de todas as formas regularizadoras para aplicar um golpe. “Essas lojas são temporárias, elas funcionam durante o período de compras para lucrar e depois somem do mercado” explica Forte. De acordo com ele, é muito difícil identifica-los, pois muitas vezes utilizam um CNPJ falso e não tem razão social.

Nos casos de as lojas atrasarem ou não entregarem o produto em bom estado, conforme acertado no momento da compra, o Procon deve ser acionado. Segundo o coordenador geral do Procon-PE, José Rangel, já houve situações em que o consumidor recebeu em sua residência um tijolo, ao invés do produto comprado. “A pessoa que se sentir lesada deve denunciar a má prestação de serviço, que logo será inserido no cadastro de reclamações fundamentadas do Procon” orienta. De acordo com Rangel, episódios como esse, que envolvem fraudes e estelionato online, é configurado como golpe e além do Procon, a delegacia de defesa do consumidor também deve ser acionada de imediato.

RECLAMAÇÕES
O consumidor que se sentir lesado deve procurar o Procon, através do número 0800 28 21512 ou pelo atendimento presencial na rua Floriano Peixoto, 141, bairro de São José. A vítima deve apresentar a carteira de Identidade (RG) original ou do seu representante legal, cópias simples dos documentos que provem o assunto reclamado: notas fiscais, cupons fiscais, recibos, boletos bancários, pedidos, manuais, certificado de garantia, ordens de serviço. O Procon vai notificar a empresa, que terá um prazo de 10 dias para solucionar o problema. Caso não haja acordo, será aberta uma denúncia contra a empresa.

Fonte: Por Marina Afonso, da Folha de Pernambuco, e Derik Guimarães, do Folha PE.

Foto: Divulgação. A marca cearense Goldentec lança neste mês o primeiro tablet totalmente feito no Nordeste. O aparelho chega para aproveitar o mercado aquecido do final do ano e vai concorrer com produtos de baixo custo com valores abaixo dos R$ 500. Ele chega ao mercado como uma das opções mais baratas do varejo: R$ 189,90 na versão de 4GB e R$ 238,90 na versão de 8GB.

O aparelho tem memória expansível para 32GB por microSD, tela LCD de 7″, sistema Android 4.2.2, função e-book, câmera de 0,3 MP frontal e USB 2.0. A resolução é de 800×500 pixels. O tablet está em fase de produção, na fábrica da Ibyte no Ceará e deve chegar às lojas em dezembro. Segundo a marca já foram realizadas diversos testes, desde a montagem até o envio de um lote piloto para alguns usuários que testaram o produto durante dez dias.

Depois de passar por todas as provas foi produzido um lote com 30 equipamentos a fim de identificar alguma falha. A partir daí a marca deu início à produção diária com média de 600 produtos/dia.

A marca Goldentec faz parte da rede Ibyte de varejo de tecnologia, que atua no Ceará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Pernambuco. O primeiro tablet nordestino é ideal para quem busca aparelhos baratos com bom custo-benefício, mas hardware modesto.

Fonte: Por Paulo Floro, do MundoBit.

O mundo dos negócios e das oportunidades
O mundo disponibiliza a transformação das oportunidades voltadas a vários novos e velhos negócios. Tem um ditado que diz que a pessoa tem que está na hora certa, no momento certo, discordo, o meu pensamento traduz outra filosofia, penso que as pessoas deverão ter coragem, disciplina, força de vontade e conhecimento do que vai desenvolver, principalmente quando trata-se de novidades. Eles são momentos de curiosidade do mercado consumidor, mas ao mesmo tempo existe o processo da desconfiança, esse momento é crucial para o empreendedor superar e motivar a aceitação do seu produto ou serviço no mercado.

Quando falamos em oportunidades, o próprio nome já explica o momento das chances que o mercado proporciona ao mundo do empreendedorismo, gerar novas oportunidades é trazer ao mercado novos desafios e, ao mesmo tempo, novas ameaças, é necessário aos gestores estarem atentos às novas possibilidades que necessariamente manterão as atividades em plena ascensão. Sabemos que o mercado consumidor e a própria concorrência são reguladores das atividades comerciais, é importante estabelecer um verdadeiro equilíbrio voltado na comunicação e tecnologia, as organizações necessitam de uma estrutura que acompanhe a desenvoltura do mercado consumidor.

Pesquisa realizada pela Wells Fargo revelou que os pequenos empresários têm a tendência de ser mais otimistas quando trata do crescimento de suas receitas, fluxo de caixa e equipe. O pensamento inicial faz pensar que, juntando um empreendedor otimista com um setor promissor, a chance de alcançar o sucesso é grande. As novas possibilidades fazem o mercado oportunizar algumas áreas que estão em maior evidência. Aqui listamos oito áreas que as pequenas empresas estão se destacando:

• Internet das coisas – Empresas de diversos setores estão tentando projetar ou obter dispositivos conectados para melhorar suas operações, o que abre um grande mercado para pequenos negócios dispostos a oferecer soluções desse tipo. A cisco estima que o setor irá gerar U$ 14.4 trilhões em lucro desde 2013 á 2022.

• Comércio eletrônico customizado – O varejo online é um setor imenso e com empresas já estabelecidas. Para uma pequena empresa entrar nesse segmento, é necessário oferecer produtos ou serviços personalizados. Os pequenos varejistas da internet precisam oferecer conteúdo e produtos customizados, muitas vezes selecionados com a ajuda de dados, que causem experiências únicas aos seus clientes.

• Tecnologia educacional – Para manter crianças e adolescentes interessados no aprendizado cada vez mais os educadores estão incorporando a tecnologia ao ensino. Estudos mostram que o investimento em tecnologia triplicou na área educacional desde 2002 a 2011 chegando a U$ 429 milhões de dólares.

• Desenvolvimento de aplicativos móveis – Com uma grande quantidade de empresas expandindo suas operações para plataforma móveis, os desenvolvedores de aplicativos estão muito demandados. Muitas vezes esses designers e engenheiros não têm um grande nome por trás deles, ao contrário, são empresas de um homem só ou poucos, trabalhando nos contatos. Esse mercado vem crescendo 50% ano desde 2009.

• Tecnologia averable – De pequenos relógios que funcionam como celulares a coleiras que rastreiam a saúde e nutrição de animais de estimação, a tecnologia de vestir vem surgindo em diferentes áreas do consumo. Os baixos custos de produção e acesso fácil aos fabricantes das peças estão atraindo as empresas, a expectativa é que o setor movimente mais de U$ 8 milhões até 2018.

• Desenvolvimento de software para empresas – Com o mercado cada vez mais competitivo, tanto no mundo online quanto no mundo real, as empresas vêm buscando a tecnologia para se diferenciar dos concorrentes. Principalmente os que possam fornecer análises profundas para negócios que buscam novas formas de oferecer seus produtos e assegurar que eles atinjam a maior quantidade possível de consumidores. As receitas desse setor cresceram quase 15% no ano passado.

• Segurança cibernética – Nos últimos anos é algo que vem preocupando muitos varejistas por conta de fraudes com cartões de crédito e débito, por isso as empresas estão investindo pesado em segurança de rede, criando boas oportunidades para as empresas especializadas nesse tipo de proteção.

• Tecnologia verde – Não é algo novo, mas empreendedores estão empolgados com o que vem chamando de soluções de tecnologia verde, inovações no modelo de negócio que buscam acelerar a adoção de energia limpa sem assumir os riscos e os encargos associados a fabricação.

Com esses mercados temos também as franquias que vêm desenvolvendo um crescimento bastante interessante para os novos empreendedores, franquias que custam valores pequenos e com grandes oportunidades de alavancar o pequeno e médio empreendedor ao sucesso na vida empresarial.

Por Jurandir Filho, jurandir.filho.adm@hotmail.com.

Ver imagem no TwitterA mais recente atualização do WhatsApp promete ser uma das melhorias mais aguardadas – ou temidas – por parte dos usuários. Agora, o aplicativo permite saber se a mensagem foi visualizada pelo destinatário por meio de “tiques” com cor azul. A distribuição do update ainda não é válida para todos, sendo liberada aos poucos para os usuários.

A atualização, válida para todas as plataformas em que o aplicativo está disponível, terá agora diferentes indicativos na troca de mensagens. Em caso de um tique, significa que a mensagem saiu com sucesso do celular; já dois tiques, indica que o texto, imagem ou áudio chegou ao destinatário; já os dois tiques em cor azul informam que o receptor já viu a mensagem. Ou pelo menos abriu a conversa.

Fonte: Do Folha PE, com informações de agências.

Publicidade
Encontre-nos no Facebook