Get Adobe Flash player

Coerência: Prazeres explica os motivos de sua saída do Governo.

Caros amigos, hoje venho por meio desta nota esclarecer alguns fatos que estão sendo propagados em nossa cidade relacionados ao meu nome e minha atual postura política. Como todos que de fato me conhecem e confiam não só na minha pessoa, como também no meu trabalho, sabem que sempre fui fiel e honrei com meus compromissos, que foram tantos ao longo de 26 anos de carreira atuando na área da saúde em nossa amada Igarassu. Portanto, hoje com grande tristeza não queria me expor dessa forma, mas se faz necessário devido às injustiças, pressões e calúnias que estão espalhando aos quatro cantos da minha terra, entretanto, a princípio quero ressaltar um tópico que tem incomodado diversas pessoas, em especial a atual gestão da nossa cidade. Há pouco tempo, surgiu nas redes sociais, uma foto minha, no gabinete de um deputado influente em nosso Estado, junto ao seu filho, foto a qual provocou reações inesperadas do Executivo Municipal, direcionadas a minha pessoa. Politicamente deixo claro e, ao mesmo tempo, ressalto que nesse momento estava eu realizando uma visita de cortesia, e onde se tem políticos reunidos não tem como não se fala de política, e hoje como muitos (que não são do nosso cenário  político municipal) me consideram e me respeitam de fato, e vez por outra não me faltam convites de apoios, tanto a nível estadual quanto federal, acredito que seja pelo meu comprometimento e trabalho dedicado ao nosso povo Igarassuense. Mas nesse específico momento, tanto questionado, não estava eu “batendo martelo” com ninguém, ao contrário, fui ser grata por muitas vezes ser ouvida e acolhida por esse parlamentar, fui o agradecer por um grande favor que o mesmo fez a minha família, pois serei grata, eternamente grata ao amparo e atenção, como todos os meus familiares ficaram. Bom, devido a essa situação venho me sentindo perseguida politicamente, o que é lamentável, pois não esperava isso da atual gestão, afinal, todos nós somos livres para escolhas, e se naquele momento tivesse optado por apoiá-los, jamais o governo teria o direito de tentar me coagir ou questionar minhas posturas políticas indo (por meio de seus assessores) em minha residência, afinal, o mesmo governo que prega a liberdade e a igualdade é o mesmo governo que deseja “prender e punir” sem ao menos ouvir ou procurar saber a verdade, pois há um certo tempo procurei o poder municipal executivo, e o mesmo afirmou que não poderia me apoiar nessa específica situação familiar, foi difícil ingerir isso de forma ríspida e tão seca, mas aguentei e segui em frente, por que portas se fecham, mas Deus sempre abre outras. Fui questionada por integrantes do executivo o fato de que para eles eu estaria apoiando um determinado grupo político nas eleições do próximo ano. Meus amigos, quem pensam que são? Aí me pergunto, por que essa perseguição? Se muitos parlamentares da nossa Casa Duarte Coelho já declararam apoio tanto a deputados federais como estaduais, inclusive, atualmente dois deles (da base) levantam a bandeira do deputado o qual fui questionada pela publicação, em meu ato de gratidão indo agradecer pessoalmente. Por que apenas comigo? Se eles agem de maneira correta, porque articularam e tomaram tais atitudes? Tomaram sim, sem ao menos ter me procurado para buscar apoios aos anseios da sua base política para as eleições de 2018. Deixo claro aqui, que em momento algum, ao decorrer desse ano fui questionada ou solicitada o apoio para essa intenção do candidato o qual a atual gestão tem a pretensão em apoiar ou lançar no cenário político estadual e federal. Entretanto, indignados comigo por que? Eu que venho aqui ressalta minha indignação de uma atitude desprezível, fria e calculista com meu povo, bons profissionais que exerceram suas funções de forma correta e íntegra, que estavam inseridos no quadro de profissionais que tanto contribuíram para a nossa cidade, e hoje exonerando-os sem consideração alguma, como se bota para fora um qualquer. A vocês meus queridos amigos, que foram “descartados”, peço o perdão por tal atitude tão fria e insensata tomada pela atual gestão. Saibam que estarei sempre com vocês, pois sempre tive a plena certeza que vocês sempre estiveram ao meu lado, em todas as circunstâncias. Muito obrigada pela grande contribuição que deram ao nosso município.

Hoje guarde em mim, um maior sentimento de ter sido o tempo todo usada, descartada, bloqueada e humilhada de muitas coisas em meio a essa gestão municipal, que não só levantei a minha bandeira por ela, como também honrei todos os meus compromissos. Contudo, sempre me sentia sufocada, porque muitas vezes tentei apresentar minhas necessidades, as quais como represento o povo de Igarassu, estaria de maneira direta reivindicando as necessidades dos mesmos, e por muitas vezes era um processo turbulento ser atendida. Mas sigo em frente de cabeça erguida, sem dever a ninguém, como entrei independente, com a minha luta e meu suor. Como todos os dias, posso afirmar que durmo com a consciência tranquila, que trabalhei e continuarei trabalhando e honrando os meus votos, com a esperança de um dia ver meus conterrâneos vivendo e sendo tratados de uma maneira mais humana com a verdadeira igualdade imperando, em nossa amada cidade. Portanto meus amigos, contem sempre comigo, pois continuarei exercendo meu trabalho com a dignidade de sempre e honrando, acima de tudo, os meus compromissos, e tratando todos vocês de igual para igual, pois a cadeira que hoje ocupo devo em primeiro lugar ao meu grande Deus, e em segundo a todos os Igarassuenses que confiaram e continuam confiando no meu trabalho. Deixo a vocês o meu sentimento de eterna gratidão.

Um forte abraço a todos vocês da vereadora que acredita na força do povo!

Oficial: Gabinete da Vereadora Prazeres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Encontre-nos no Facebook