Dinheiro Online
Destaque Mundo

A terra do Papa infectada. Itália registra 3.405 mortes pelo vírus da morte

Por Jailton Lima – 

O mundo está amedrontado e tenebroso face ao lastro de mortes provocado pela pestilência mortal que assole o Planeta Terra, principalmente os continentes Asiático e Europeu.

Até o final da noite dessa quarta-feira (18), a Organização Mundial da Saúde (OMS) já registrava 8.800 mortes e mais de 200 mil casos confirmados de pessoas infectadas pelos vírus.

A terra do Papa Francisco, a Itália,  tem sido atualmente o país da Europa mais castigado pela pestilência apocalíptica, com o assustador número de 3.405 de pessoas mortas, dados atualizados nessa quinta-feira(19).

E esse número de óbitos deve aumentar nos próximos dias, porque existem mais de 35 mil italianos infectados, e o governo não está conseguindo minimizar o avanço do coronavírus, apesar de ter já ordenado a quarenta da população, sobretudo no Norte do País, onde a epidemia teve origem.

A Itália está à beira de enfrentar uma grande perda de seu povo, principalmente, no Norte do País. Mas outros países como Espanha, França e Alemanha estão preocupados com o aumento no número de mortos e de pessoas infectadas.

Mais dados sobre o coronavírus

Segundo informações da Universidade de Johns Hopins, que mantém uma contagem em tempo real dos novos pacientes, Ao todo, 8.007 pessoas morreram após contrair a Covid-19.

O número de casos de infecções pelo novo coronavírus em todo o mundo ultrapassou os 200.000 nesta quarta-feira, 18.  Confira abaixo o ranking dos países que lideram os casos de mortes e de pacientes contaminados:

  •  China, com 81.102 casos e 3.122 mortes,
  •  Itália, com 31.506 casos e 2.978 mortes,
  • Irã, com 16.169 infectados e 988 óbitos.

Foto: ANDREAS SOLARO/AFP-BBC

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.