Pernambuco Política

G6 anuncia apoio a Frente Popular

O arco de alianças do PSB rumo às eleições para o Governo do Estado ganhou um expressivo reforço nesta quinta-feira (10). Apesar de não somarem tanto tempo de TV e de rádio, as legendas consideradas nanicas, e que integram o chamado G6 (PRTB, PHS, PTdoB, PSL, PSDC e PRP), anunciaram apoio a chapa majoritária da Frente Popular. O indicativo de apoio, que ocorreu na sede do diretório estadual do PSB, e contou com a presença de diversas lideranças partidárias, além dos pré-candidatos da Frente.

Segundo o presidente estadual do PHS, Belarmino Sousa, a decisão em apoiar o PSB se deu pelo entendimento que as legendas têm que Eduardo Campos (PSB) fez muito pelo Estado enquanto governador pela Frente. “Por isso, que é importante a participação da Frente para dar continuidade a esse projeto”, ressaltou. Já para o pré-candidato ao Governo Paulo Câmara (PSB), a adesão dos novos aliados, só faz aumentar a sua responsabilidade por liderar o bloco socialista. “Para mim é uma responsabilidade muito grande representar tantos partidos. Mas ao mesmo tempo, é motivo de satisfação e nos deixa mais animado”, considerou.

Com o ingresso das legendas, que na disputa proporcional não estarão na coligação, o projeto socialista vai ganhando cada vez mais robustez frente o principal adversário, o PTB. Até o momento, o PSB conta com o apoio de 17 legendas, enquanto que o PTB, do senador e pré-candidato ao Governo, Armando Monteiro Neto, tem apenas cinco (PT, PTB, PSC, PROS e PRB). Os socialistas ainda namoram o DEM, Solidariedade e o PDT. Estes dois últimos, também vêm sendo cortejados pelo PTB. No entanto, oficialmente, as legendas ainda não se manifestaram em que campo estarão nas eleições estaduais. No plano nacional, o SDD e o PDT já declararam apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

Fonte: Por Anderson Bandeira, da Folha de Pernambuco.]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.