Barragem
Meio Ambiente Pernambuco

Mananciais da Mata Norte sinalizam recuperação com o início do período chuvoso

Os mananciais da Mata Norte do Estado começam a dar os primeiros sinais de recuperação com o acumulado das últimas chuvas. A Compesa vem monitorando os reservatórios que formam o sistema de abastecimento dos municípios da região e tem boas perspectivas para iniciar a redução dos rodízios a partir de ajustes operacionais nos sistemas.

As chuvas permitiram que a Barragem Vundinha, localizada no município de Ferreiros e que estava em pré-colapso, alcançou 15% de acumulação.

A barragem tem capacidade total de armazenamento de 90 mil metros cúbicos de água. O aumento das precipitações também elevou o volume total acumulado na Barragem Mucambo, que é de 120 mil metros cúbicos de água.

O reservatório, também localizado na cidade de Ferreiros, registrava, no mês passado, volume de 60% de água acumulada e agora atingiu 70%. As duas barragens respondem pelo abastecimento do próprio município de Ferreiros e Camutanga.

Outra barragem que apresenta sinais de recuperação é Morojozinho, localizada no município de Buenos Aires. O reservatório entrou em colapso em fevereiro deste ano, mas com as chuvas da semana o nível de água registrado já é de 19,5%. A Barragem de Morojozinho atende o município de Nazaré da Mata, um dos mais impactados pela ausência de chuvas durante o verão.

A Compesa seguirá acompanhando diariamente o volume de chuvas acumulado nos principais mananciais da Mata Norte a fim de iniciar as intervenções necessárias para o retorno da captação de água nesses e em outros reservatórios da região, tão logo alcancem níveis adequados.

Fonte: COMPESA

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × quatro =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.