Abreu e Lima Destaque Política

Marcos José dá o grito de independência política e rompe com Flávio Gadelha

No dia 07 de setembro de 1822, às margens do Rio Ipiranga, em São Paulo, o imperador Dom Pedro I, bradou em alta voz “independência ou Morte”, e foi assim que o Brasil tornou-se independente politicamente de Portugal, que sugava todas as riquezas da nossa gente. Em Abreu e Lima aconteceu algo parecido. O prefeito Marcos José (PT) foi corajoso e não teve medo de romper com o ex-prefeito Flávio Gadelha (PMDB). O chefe do Executivo Municipal escolheu a Praça São José, por ocasião da emancipação política da cidade, ocorrido no dia 15 de maio, para anunciar o rompimento político oficial com o ex-prefeito, que por oito anos governou o município e ainda tinha grande influência na atual gestão.

Ao exemplo de Dom Pedro I, que deu o grito de independência num lugar público, para anunciar o fim do relacionamento com Portugal, o prefeito Marcos José não fez nada em oculto ou em gabinete escondido. Ele convidou seu grupo político e diante da multidão presente na Praça São José anunciou o seu rompimento político com o ex-prefeito. Muita gente não acreditou no que estava ouvindo, mas a repercussão da população foi de euforia e alegria. O jugo estava sendo quebrado. “Hoje, nesta praça, está iniciando um novo tempo na vida deste município, uma nova página começa a ser escrita. Abreu e Lima não será mais a mesma. Rompemos por razões ideológicas, mas sem intriga ou briga. Queremos paz para todos, e conto com o apoio de todos vocês”, afirmou o prefeito, acrescentando que a cidade tomará outros caminhos no rumo do desenvolvimento. “Ao assumir a Prefeitura, eu entreguei a Deus a chave da cidade, pois Abreu e Lima é Deus. Fui eleito pelo povo com a permissão e vontade de Deus. Portanto, vou governar com a proteção de Deus e com o apoio do povo”, completou Marcos José.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Herbert Valera, foi um aliado importante nessa conjuntura de transição política. Ele disse que estava emocionado com a atitude do prefeito Marcos José em romper com a antiga gestão. “Prefeito Marcos José, o povo apoia sua decisão de governar esta cidade, com as próprias forças. O senhor terá o apoio da Câmara Municipal em todas as questões municipais. Deus lhe abençoe”, comentou Valera.

CORTE DO BOLO Para comemorar os 32 anos de emancipação política, a Prefeitura Municipal encomendou um bolo gigante, que foi colocado na Praça São José, para ser dividido com a população presente. Após o discurso do prefeito Marcos José, o chefe do Executivo cortou o bolo e parabenizou a todos os munícipes. Logo após a cerimônia, o prefeito foi cumprimentar familiares, amigos e eleitores. Grande foi a recepção ao prefeito, que foi carregado pelo povo.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.