Destaque Economia Empregos Igarassu

Celebração religiosa marca início da safra na Usina São José

Depois de alguns anos apresentando baixo índice de chuvas na região, comprometendo a colheita da cana-de-açúcar, a São José Agroindustrial ― nova denominação da Usina São José ―, antecipa o início da safra 2014-15, em virtude, especialmente, dos níveis pluviométricos dos últimos meses, que foram bons, mas ainda não atendendo ao esperado.

Por essa razão, segundo Frederico Vilaça, Diretor Executivo da empresa, as expectativas de que o setor, que vem amargando uma de suas piores crises, esperando que esta safra comece a sinalizar a tão esperada recuperação. “Entretanto, ainda será necessário que seja criada uma política governamental de incentivos ao setor”, ressalta Vilaça.

Como já é tradição, o início do período de safra na Usina São José é marcado por uma celebração religiosa, quando se reafirma uma cultura forte de fé e devoção. “Acreditamos na força do trabalho como ferramenta da dignidade humana e não há melhor maneira de começar um novo ciclo de trabalho do que em oração”, afirmou o diretor e acrescentou: “O momento é delicado para o setor. Temos que nos manter unidos, fortalecendo o compromisso de nossa equipe, para que possamos superar esse desafio que afeta, direta ou indiretamente, toda a nossa região. E estarmos juntos, em oração, é um meio de fortalecer esse nosso compromisso e a nossa esperança”.

A celebração ecumênica aconteceu em um dos armazéns de açúcar da empresa, no último dia 19 de agosto, ministrada pelo pastor João Martins, da Assembleia de Deus, Convenção Abreu e Lima, e pelo Pe. Sérgio Santana, da paróquia de Chá de Alegria, da Diocese de Nazaré da Mata. Na abertura da celebração, a orquestra dos meninos da Escola Santa Maria, Talentos a Serviço da Paz, fez uma linda apresentação. Um grupo de músicos, formado por colaboradores evangélicos e católicos da São José, encantaram os ritos, além de terem dado um caráter mais ecumênico à celebração. Ao final da cerimônia, estudantes da escola Helena Cavalcanti Petribu, de Araçoiaba, cantaram o hino de São José.

Além de colaboradores, diretores e acionistas, estiveram presentes ao evento algumas autoridades locais, como o prefeito Mário Ricardo e a vice-prefeita de Igarassu, professora Elcione, e secretariado; e o prefeito de Araçoiaba, Joamy Oliveira; Virleide Barros, Gerente Executiva da Semas (Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade) e Genilse Gonçalves, da Agenda 21, também se fizeram presentes. No discurso da diretoria, Frederico Vilaça prestou homenagem ao ex-governador, Eduardo Campos, lembrando que na data se celebrava o sétimo dia da tragédia que ceifou a vida de um dos mais notáveis políticos brasileiros. Para ele, um dos grandes batalhadores pelas transformações mais vigentes de que necessitava o setor sucroenergético de Pernambuco.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.