Brasil Destaque Mundo

Coronavírus já matou 18.259 pessoas, mais de 404 mil infectadas. Itália atinge 6.820 mortes

Pandemia Apocalíptica:

Veja agora as últimas notícias sobre a propagação e o número mais recente das vítimas do coronavírus. Confira agora:

(Minuto a Minuto)Pelo menos 18.259 pessoas em todo o mundo morreram com Covid-19 desde o aparecimento da doença em dezembro e mais de 400 mil foram infectadas com o novo coronavírus, segundo um balanço com dados atualizados hoje às 16h (horário de Brasília).

De acordo com dados compilados pela agência AFP a partir de fontes oficiais, mais de 404.020 casos de infecção foram oficialmente diagnosticados em 175 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro de 2019 na China.

A agência noticiosa francesa, adverte, no entanto, que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infecções, já que um grande número de países está a testar apenas os casos que requerem atendimento hospitalar.

Desde a contagem feita às 16:00 de segunda-feira, ocorreram 2.133 novas mortes e 42.510 novos casos em todo o mundo.

Os países com mais mortes nas últimas 24 horas são a Itália, com 743 novas mortes, Espanha (514) e França (240).

(O Globo) Itália volta a ter aumento de vítimas fatais e atinge 743 mortes, nas últimas 24 horas.

ROMA — Após dois dias com números de mortes em queda, a Itália registrou 743 vítimas fatais nas últimas 24 horas em decorrência do novo coronavírus, atingindo o total de 6.820 óbitos, de acordo com o chefe da Agência de Proteção Civil.

Na segunda-feira, 602 pessoas morreram, depois de 650 mortes no domingo e 793 no sábado — o número diário mais alto desde que o contágio veio à luz em 21 de fevereiro — o que sugeria uma

Apesar disso, o crescimento na quantidade de casos se manteve abaixo de 10% pelo segundo dia seguido.  De acordo com a Defesa Civil, a Itália já contabiliza 69.176 contágios, alta de 8,2% na comparação com 23 de março.

Mais cedo, o chefe da Agência de Proteção Civil da Itália, órgão do governo que compila as estatísticas de Covid-19 no país, reconheceu que o número de casos no país pode ser dez vezes maior do que o reportado oficialmente.

Foto: ALBERTO PIZZOLI / AFP

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.