Destaque Geral Política

Lula volta a conversar com Eduardo e se firma como “variável” para 2014

Sobre os efeitos da “avalanche” de protestos de junho, há quem avalie como um equívoco acreditar que as queixas destinam-se exclusivamente a Dilma e ao seu governo.

A prática política vigente no país é que está na berlinda. E a presidente, por estar no lugar mais alto da República, é o alvo mais óbvio.

Agora, curioso será observar para onde a base que “chuta” e enfrenta a presidente hoje correrá em 2014.

Por enquanto, não apareceu um nome que impressione a ponto de se afirmar que Dilma está inviabilizada.

Além disso, nunca se sabe exatamente o que quer o ex-presidente Lula. Ainda mais depois de tanta conversa com o governador Eduardo Campos (PSB).

Lula começa a se firmar como variável poderosa para 2014.

Fonte: Por Josué Nougueira, do Blog do Diário de Pernambuco.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.