COVID-19
Artigos Brasil Política

Não se importam com a mortandade, mas se preocupam com CPI

Por Jailton lima –

É lamentável a atitude tomada pelo Supremo Tribunal Federal de obrigar o Senado a instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), isso em plena pandemia. Todo mundo sabe quando começa, mas não sabe quando termina uma CPI.

Além das principais pautas ficarem paralisadas no Senado, essa investigação que também vai alcançar governadores e prefeitos. Essa CPI pode durar mais de um ano para concluir o relatório, que poderá achar e punir os possíveis responsáveis.

Enquanto isso, vidas estão sendo dizimadas pelo vírus mortal do Coronavírus. Triste realidade. O sistema judicial não deveria exigir dos poderes Executivo e Legislativos formas concretas e rápidas para a aquisição de mais vacinas, por exemplo.

O Supremo não deveria exigir um plano viável de vacinação em massa, com o empenho dos três poderes e também das grandes empresas? Não seria muito mais produtivo salvar vidas, principalmente dos pobres e desvalidos, do que abrir CPIs?

Quem pode arriscar o saldo dessa CPI da Covid, com certeza é uma grande incógnita. Mas uma coisa todos nós temos certeza é que até à conclusão da Comissão Parlamentar de Inquérito, milhares de vidas estarão debaixo da terra fria e milhares de entes queridos enlutados. E aí, quanto vale uma vida, ou melhor, quanto vale a sua vida? Uma CPI?

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 15 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.