Pernambuco Política

Paulo Câmara nega que tenha oferecido benefícios em troca do apoio de prefeitos do PTB

(Foto: BlogImagem)[/caption]

“Isso não existe. O que existe é um amplo processo de participação do Governo do Estado junto aos municípios”, afirmou. “Os apoios que nós estamos recebendo são em virtude do trabalho que nós fizemos nos sete anos e três meses e na perspectiva de que vamos fazer mais pra ajudar os municípios do nosso Estado”, disse.

Paulo Câmara também negou que tenha participado de reuniões dentro do Palácio com os dois prefeitos do PTB que anunciaram apoio a sua candidatura: o de Gravatá, Bruno Martiniano, e a de Arcoverde, Madalena Britto. “Foram conversas políticas sobre a melhoria do município, sobre o que a gente pode fazer para avançar o município”, disse sobre Bruno.

Com a prefeita, Paulo vai encontrar neste domingo (27). A presença do ex-governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB) era esperada nesta que é a sua primeira visita ao Estado depois de se lançar como candidato à Presidência da República. Ele, porém, avisou que não iria no final da manhã.

Depois de ter passado por três secretarias na gestão Eduardo, Câmara também defendeu o Governo do Estado das acusações de uso eleitoral da máquina pública. “O Governo do Estado é composto por pessoas sérias”, disse. “Eu trabalhei sete anos e três meses neste governo. Eu sei como este governo funciona. A seriedade das pessoas”, insistiu.

FBC – Menos contido do que o candidato ao governo, o ex-ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho (PSB), que disputará o Senado, partiu para o ataque contra Armando, depois de ser questionado pela imprensa sobre as declarações do senador.

“Não está proibido conversar no Palácio. Não está proibido tratar dos interesses de Pernambuco, do interesse dos municípios”, disse. “Eu confesso que não entendi as declarações. Ou é desespero ou é uma agressão gratuita”, completou.

Fonte: Por Paulo Veras, do Blog de Jamildo.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.