Brasil Economia Pernambuco

Aposentados podem usar caixa eletrônico

Os aposentados e pensionistas do INSS que recebem até um salário mínimo (R$ 678), desde a última terça-feira (24), já começaram a receber o pagamento, mas como os bancários continuam em greve, a alternativa é efetuar o saque em qualquer terminal de autoatendimento do seu banco ou ainda pela rede de caixas eletrônicos 24 horas. Para isso, é preciso ir ao terminal levando o cartão magnético que deverá ser inserido no caixa eletrônico. Na sequência, o segurado deve digitar sua senha e escolher a opção “saque”, concluindo a operação com o valor que deseja sacar.

Se tiver dificuldade para realizar a operação, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) orienta a não pedir ajuda a estranhos. “Quaisquer pedidos de ajuda devem ser feitos somente a funcionários identificados do banco, e nunca a pessoas”, destaca. Os caixas eletrônicos de diversos bancos podem ser encontrados em locais de grande circulação, como shoppings e lojas de conveniência, e não apenas dentro da agência da instituição financeira. O limite de saque diurno costuma variar. Durante a noite, o limite é de R$ 300.

Ainda, os terminais de autoatendimento dentro das agências bancárias funcionam até as 22 horas. Nos demais locais, funcionam 24 horas, mas é preciso que o estabelecimento também esteja aberto. Segundo a Febraban, há 175,1 mil correspondentes bancários espalhados pelo Brasil, entre eles supermercados, casas lotéricas e postos dos Correios. Por esse canal é possível efetuar os saques dos benefícios sociais, tais como: Bolsa Família, INSS, FGTS, seguro desemprego, PIS, entre outros.

Os saques em correspondentes, porém, têm valores máximos fixados pelos bancos que os contrataram para a prestação de serviços. Por isso, é preciso verificar o limite antes de fazer a operação. Para realizar transferências de valores de banco para banco, o aposentado ou pensionista pode utilizar canais como a internet, o telefone do banco, os caixas eletrônicos e ainda o aplicativo do banco no celular.

Para valores a partir de R$ 1 mil pode optar pela Transferência Eletrônica Disponível (TED) quem tem urgência em realizar a operação, pois essa transferência faz o dinheiro cair na conta do destinatário no mesmo dia. Se não houver urgência, o cliente pode optar pelo Documento de Crédito (DOC), que tem limite de até R$ 5 mil, e cai no dia seguinte. Ontem, os benefícios com final é 1 já foram liberados, referentes ao mês de setembro. Os demais pensionistas devem seguir o calendário estabelecido pela Previdência Social (ver quadro).

Fonte: Do Folha PE, com agências.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.