Brasil Pernambuco Política Segurança

Campos e Aécio divergem sobre redução da maioridade penal

Os pré-candidatos à Presidência da República Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) apresentaram posições diferentes sobre propostas de redução da maioridade penal, em discursos diante de empresários na Bahia, nesta sexta-feira (2). Aécio defendeu enfaticamente um projeto elaborado por seu partido que reduz a idade mínima em que um juiz pode decretar a prisão de uma pessoa, a depender da gravidade do crime e de características. Por outro lado, Campos afirmou que busca outras soluções para remediar falhas na segurança pública. As informações são da Folha de S. Paulo.

Aécio definiu a proposta como “polêmica”. Entretanto, ele disse que apoiará a proposta de redução da maioridade penal em casos especiais, caso seja eleito presidente.

O tucano declarou que se trata de um “processo complexo, uma discussão que não é simples”. “Mas precisamos enfrentar essa questão para não ficarmos apenas a contemplar o aumento absurdo da criminalidade”, completou.

Aécio ainda lembrou aos empresários que apresentou no Congresso um projeto de lei que triplica a pena de criminosos que usam menores em seus bandos para evitar a punição da lei. “Virou quase uma indústria: o menor de idade, que não será punido, sempre assume o crime mais grave”.

O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), em discurso sobre a complexidade do desenvolvimento de políticas públicas, afirmou que a redução da idade penal não é a principal solução para combater a criminalidade. “É muito complexo fazer um ensino de qualidade. Não é singelo fazer. É muito complexo fazer uma saúde de qualidade e fazer a segurança pública funcionar. É muito mais complexo do que reduzir a idade penal”, disse o socialista.

Fonte: Por Branca Alves, do Blog da Folha.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.