Brasil Mundo Tecnologia

Há 10 anos, o Gmail mudava para sempre o uso do e-mail

Criado há exatos 10 anos, o Gmail parecia uma pegadinha de primeiro de abril quando foi anunciado pelo Google. Afinal, ele oferecia 1GB de espaço no email quando a maioria dos concorrentes ofereciam no máximo uma dezena de megabytes.

O e-mail do Google vinha com uma promessa ousada: “você nunca mais precisará apagar emails”. Ainda hoje, 1GB é suficiente para a maior parte dos usuários. Para efeitos comparativos, o Hotmail dava apenas 4MB gratuitos para novos usuários.

No Brasil de 2004 ainda eram comuns os emails pagos e aqueles que vinham como parte do pacote de provedores. Em fase beta, o Gmail chegou para poucos usuários. Cada pessoa podia convidar outras, assim como o Orkut em seus primórdios. Só meses depois o Google liberou o cadastro para todos os usuários.

Entre as inovações trazidas pelo Gmail estão uma busca mais eficiente – afinal é a especialidade da empresa – e uma melhor organização, como agrupar emails em ordem cronológica, como uma conversa. Também criou filtros contra spam que realmente funcionavam – até hoje tem uma dos algoritmos mais avançados para detecção de mensagens indesejadas. Este ano, depois de acusações de que estaria colaborando com a NSA, o Google anunciou que todos os e-mails trocados seriam criptografados, desde a saída da caixa de entrada até a entrega ao remetente.

Fonte: Por Paulo Floro, do Mundo Bit.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.