Cultura Destaque Economia Igarassu Pernambuco Turismo

Igarassu celebra seus 478 anos com grande festa popular

A Prefeitura de Igarassu realizou uma das maiores festa popular de toda a sua história, por ocasião do seu 478º aniversário a cidade-mãe de Pernambuco. O evento iniciou no dia 24 e concluiu no dia 29 de setembro, homenageando os padroeiros da cidade, os santos Cosme e Damião. Além das atividades religiosas, a gestão municipal promoveu uma maratona de mais de 20 apresentações, para comemorar também 478 anos de existência. O clímax da festa deu-se com as apresentações do cantor Luan Santa e a banda de forró Garota Safada, que atraíram um grande público estimado em cerca de 80 mil nas duas noites.

A Prefeitura inovou com a mudança de posição do grande palco e colocação do serviço de som, que ficou de frente para o morro, evitando estrategicamente conservar o Patrimônio Histórico da cidade, como também deslocou o parque de diversão para o lado do Centro de Arte.  “Tivemos o cuidado com o patrimônio do Sítio Histórico, e não deixamos de fazer uma grande festa organizada e segura, e com outros serviços de saúde para a população que participou da festa”, explicou o prefeito.

Mário Ricardo disse ainda que, durante os seis dias de festividade, circularam no município mais de 300 mil pessoas, que deixou um saldo positivo de cerca de três milhões de reais em vários setores da economia, principalmente no comércio formal e informal. “Investimos na festa, para trazer dividendos lucrativos para a economia de Igarassu”, ressaltou.

Tendo a comercialização dos camarotes pela Conexão Promo NE, o palco das apresentações teve como cenário o Sítio Histórico de Igarassu. Com uma estrutura ampliada, a organização do evento estimou receber um público de mais de 300 mil pessoas, três vezes a mais do que as edições anteriores. De acordo com o secretário Executivo de Turismo, Cultura e Esportes, Iezo  Roriz, o motivo para tal expectativa é que a festa ficou totalmente renovada e, pela primeira vez, contou com opção de camarotes.

Ele informou que aumentou o número de dias. Antes ocorria durante apenas três dias, “agora durou seis. Aumentamos, com um orçamento menor, porque o comércio é bem movimentado na região e é uma fonte de renda para a população. E com mais dias, atraímos mais turistas”, explicou o secretário. Já a secretária Municipal de Turismo, Cultura e Esportes, Júlia Maria, disse que “a proposta do evento é fazer fluir o turismo cultural e religioso de Igarassu”, lembrando ainda da importância da festividade para movimentar a economia.

Isso porque, ao todo, esta edição gerou 700 empregos, entre diretos e indiretos. Foram recrutados 100 policiais militares e foram disponibilizados oito policiais civis e 50 guardas municipais, além de delegacias móveis. O evento também contou com seis postos de prontoatendimento médico e  quatro ambulâncias. A 478ª Festa de Cosme e Damião tem o apoio da Empetur e patrocínio da Olla, Engov e Pitú.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.