Esporte Pernambuco Recife

Liminar suspende TOs, mas ainda não tem efeito

Determinação só terá efeito quando torcidas e PM forem notificadas oficialmente. Infelizmente, as uniformizadas estarão liberadas até isso acontecer. (Foto: Paullo Almeira/FolhaPE/Arquivo) Determinação só terá efeito quando torcidas e PM forem notificadas oficialmente. Infelizmente, as uniformizadas estarão liberadas até isso acontecer. (Foto: Paullo Almeira/FolhaPE/Arquivo)[/caption]

Uma grande confusão causada por informações desencontradas agitou o futebol pernambucano na noite desta terça-feira (18). O fato é que as facções organizadas, Torcida Jovem, Inferno Coral e Fanáutico, estarão suspensas dos estádios pernambucanos até segunda ordem. A decisão veio com uma liminar (medida provisória) expedida pelo juiz Edvaldo Palmeira, da 5ª Vara da Fazenda Pública.

Porém, ao contrário do que muitos torciam e imaginavam, as torcidas organizadas ainda não estão vetadas para o clássico decisivo desta quarta-feira (19), entre Santa Cruz e Sport. O veto só começará a valer legalmente quando as três uniformizadas forem notificadas oficialmente, o que não deve ocorrer com tanta facilidade. Além disso, a Polícia Militar também precisa ser avisada, segundo o magistrado, pois ela também faz parte do processo de suspensão.

Através da liminar, o Edvaldo Palmeira também estipula uma multa de R$ 5 mil para cada vez que a determinação for descumprida. Além disso, o magistrado deu um prazo de 30 dias para as organizadas apresentarem um cadastro com todos os seus membros.

“A suspensão das organizadas começa a valer quando todas as partes forem notificadas (as três torcidas e a PM) e não tem data estipulada para o término. Pode durar um dia como pode durar um ano. Para ficar claro, estão suspensas até segunda ordem”, esclareceu o juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública, em conversa por telefone com o Blog de Primeira.

Sobre a expectativa de quando todos serão notificados e a liminar passará a ter efeito, Edvaldo não conseguiu ser preciso na resposta. “Espero que as notificações sejam entregues pelos oficiais de justiça já amanhã (quarta-feira), mas nada garante que todos receberão os documentos. Isso não depende de nós”, disse.

Fonte: Por Gustavo Lucchesi, do Blog de Primeira.

]]>

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.