Torneira pingando
Meio Ambiente

Falta de água: um problema que atinge toda a população

Por Jailton Lima –

O que fazer para resolver a questão da falta de água constante nas casas? Por que a Compesa não aumenta a oferta de água? São perguntas que ainda não têm uma resposta concreta por parte das autoridades governamentais.

Enquanto isso, as donas de casas sofrem, diariamente, com essa triste e dura realidade: a falta de água. Mas sabemos que o brasileiro sempre procura dar um jeitinho de tentar solucionar o problema – que muitas vezes o barato pode sair caro.

Para suprir a carência de água nas torneiras, as pessoas que têm condições financeiras de contratar pessoas – muitas delas sem o conhecimento técnico e sem permissão das autoridades competentes – para perfurar um poço artesiano sem nenhum tipo de licença.

Mas o pior do que isso é que no município de Igarassu, alguns setores que prestam serviços públicos, contratam pessoas para perfurar poços a fim de aumentar a oferta de água. Até aí tudo bem, mas o problema é que, em muitos casos, os quase todos, esses poços são perfurados sem análise adequada do solo e sem as devidas licenças.

“Sem a análise do solo, água pode estar contaminada ou imprópria para beber. Lamentavelmente, pessoas, empresas e até mesmo instituições públicas contratam pessoas que não têm conhecimento e nem são habilitadas para o serviço”, explicou o Sr. Valter, diretor da empresa WB Perfuração de Poços, com sede em Igarassu.

O empresário afirmou que há um grande perigo desses poços estarem com água contaminada. Segundo ele, quem quiser perfurar um poco artesiano deve procurar uma empresa idônea e com profissionais qualificados para a perfuração do poço.

SEJA UM ASSINANTE
Como assinante, sempre que houver uma nova postagem, você será o primeiro a receber o conteúdo, com exclusividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.